AVALIAÇÃO DA SUSTENTABILIDADE DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL (HIS) ATRAVÉS DA METODOLOGIA MASP-HIS

Lisiane Ilha Librelotto, Eliká Deboni Ceolin

Resumo


Vários métodos foram desenvolvidos para avaliar projetos e construções sustentáveis. Apesar de existirem iniciativas de selos, etiquetagem, certificações e metodologias de avaliação da sustentabilidade, os critérios adotados priorizam muitas vezes os aspectos ambientais deixando em segundo plano as demais dimensões da sustentabilidade: social e econômica. Em países em desenvolvimento, especialmente, os aspectos econômicos e sociais deveriam ter um destaque maior, uma vez que tem grande impacto na sustentabilidade global. Este trabalho utiliza uma metodologia integrada de avaliação da sustentabilidade no projeto para Habitação de Interesse Social desenvolvida no Brasil, a metodologia MASP-HIS (CARVALHO, 2009). Os resultados alcançados demonstraram que o projeto, mesmo antes dos selos nacionais serem lançados, atende a maioria dos requisitos do método em questão.


Palavras-chave


HIS; sustentabilidade; avaliação

Texto completo:

PDF

Referências


CARVALHO, M. T. (2009.). Metodologia para avaliação da sustentabilidade de habitações de interesse social com foco no projeto. 241p. Doutorado (Tese). . Brasília.: Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, Universidade de Brasília.

SATTLER, Miguel Aloysio. Habitações de baixo custo mais sustentáveis: a casa Alvorada e o Centro Experimental de tecnologias habitacionais sustentáveis/ Miguel Aloysio Sattler. — Porto Alegre : ANTAC, 2007. — (Coleção Habitare, 8).

SILVA, V. G. (2000). Avaliação do desempenho ambiental de edifícios. Revista da Qualidade na Construção. São Paulo., 14-22.

SILVA, V. G., & Agopyan, V. (2004). Avaliação de Edifícios no Brasil: SAltando de Avaliação Ambiental para Avaliação de Sustentabilidade. São Paulo: EPUSP.




DOI: https://doi.org/10.29183/2447-3073.MIX2016.v2.n1.107-113

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 MIX Sustentável