EXPERIÊNCIAS COM PROCESSOS DE RECICLAGEM DE POLÍMEROS PARA A JOALHERIA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.29183/2447-3073.MIX2022.v8.n3.93%20-%20105

Palavras-chave:

Joalheria, Polímeros, Descarte, Sustentabilidade.

Resumo

O crescimento acelerado da população na sociedade contemporânea traz cada vez mais produção de bens e, consequentemente, descarte. Os polímeros são materiais baratos, e, por isso, extremamente utilizados diariamente, mas, muitas vezes, seu descarte não é feito de maneira correta, ocasionando danos ao meio ambiente. O designer, como gerador de ideias e novos produtos, participa de todas as etapas de concepção de um artefato, desde a geração até o destino final do ciclo de vida. Este artigo tem como objetivo apresentar uma possibilidade de reciclagem de resíduos poliméricos de descarte doméstico na produção de peças de joalheria contemporânea. O projeto apresenta uma breve revisão literária sobre joalheria e polímeros, a coleta desse material e testes de reciclagem. Como resultado, obteve-se uma técnica de reciclagem de polímeros para a joalheria contemporânea, no desenvolvimento de um pingente.

Biografia do Autor

Ivi Pivetta Viero, Universidade Federal de Santa Maria - UFSM | Desenhista Industrial

Designer, com Graduação em Desenho Industrial pela Universidade Federal de Santa Maria, e Mestrado em andamento pela Escola Superior de Artes e Design - Caldas da Rainha, Portugal.

Mariana Kuhl Cidade, UFSM - UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA

Departamento de Desenho Industrial/UFSM

Referências

ABRELPE. Panorama dos resíduos sólidos no Brasil. 2017. Disponível em: <http://abrelpe.org.br/pdfs/pa-norama/panorama_abrelpe_2017.pdf>Acesso em: 1 ago. 2021.

ASHBY, M. F.; JOHNSON, K. Materiais e design: a arte e a ciência da seleção de materiais no design de produto. 2ª ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2011.

ASHBY, M.; SHERCLIFF, H.; CEBON, D. Materiais: engenharia, ciência, processamento e projeto. Rio de Janeiro: Elsevier, 2012.

BRASIL. LEI No 12.305 DE 2 DE AGOSTO DE 2010. Institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos; al¬tera a Lei no 9.605, de 12 de fevereiro de 1998; e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil. Brasília, DF, 2 ago. 2010.

CIDADE, M. K.; PALOMBINI, F. L.; LIMA, N. F. F.; DUARTE, L. C. Método para determinação de parâmetros de gravação e corte a laser CO2 com aplicação na joalheria contemporânea. Design e Tecnologia, Porto Alegre, v. 6, n. 12, p. 54-64, 2016.

CIDADE, M. K.; PALOMBINI, F. L.; KINDLEIN JÚNIOR, W. Biônica como processo criativo: microestrutura do bambu como metáfora gráfica no design de joias contemporâneas. Educação Gráfica (Online), v. 19, n. 1, p. 91–103, 2015.

IPEA - INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA. Diagnóstico dos resíduos sólidos urbanos. Brasília: IPEA, 2012. Disponível em: <http://www.ipea.gov.br/agencia/images/stories/PDFs/relatoriopesquisa/121009_relatorio_residuos_solidos_urbanos. pdf>. Acesso em: 1 ago. 2020.

FAGGIANI, K. O poder do design: da ostentação à emoção. Brasília: Thesaurus, 2006.

FORLIN, F. J.; FARIA, J. A. F. Considerações sobre a reciclagem de embalagens plásticas. Polímeros: Ciência e Tecnologia, São Carlos, v.12, n.1, p. 1-10, 2002.

FURTADO, A. et al. Desenvolvimento e natureza: estudos para uma sociedade sustentável. In: XI Conselho Latino-Americano de Ciências Sociais. Recife, 1994.

GOLA, E. A joia: história e design. São Paulo: Senac, 2008.

GONÇALVES, T. M.; BARROSO, A. F. F. A economia circular como alternativa à economia linear. In: XI Simpósio de Engenharia de Produção de Sergipe. Sergipe, 2019.

GOULART, J. S.; CARVALHO, H. M. T.; RIBEIRO, R. Elementos culturais brasileiros aplicados em acessórios femininos. In: XIX Seminário Acadêmico da APEC. Barcelona, 2014.

Jewelry in Merrian Webster Dictionary. Disponível em:<https://www.merriam-webster.com/dictionary/jewelry>. Acesso em 23 jan. 2021.

LÖBACH, B. Design industrial. São Paulo: Edgar Blücher, 2001.

MANZINI, E. Design para a inovação social e sus-tentabilidade: Comunidades criativas, organiza¬ções colaborativas e novas redes projetuais. Rio de Janeiro: E-papers, 2008.

MATGE, P. R. Vida útil do aterro municipal de santa maria é de 10 anos. 2018. Disponível em: <https://diariosm.com.br/not%C3%ADcias/geral/vida-%¬C3%BAtil-do-aterro-municipal-de-santamaria-%¬C3%A9-de-10-anos-1.2046818>. Acesso em: 20 abr. 2018.

MERCALDI, M. A.; MOURA, M. Definições da joia contemporânea. Revista Moda Palavra E-Periódico, ano 10, n.19, 2017.

MOURA, M. Joia contemporânea brasileira: objeto em diálogo com o corpo e com a moda. In: VI Congresso Internacional de Pesquisa em Design. Universidade Anhembi Morumbi. 2011.

ONU Meio Ambiente aponta lacunas na reciclagem global de plástico. Disponível em < https://noticias.ambientebrasil.com.br/clipping/2019/01/04/149552-reciclagem.>. Acesso em: 23 jan. 2021.

PALOMBINI, F. L.; CIDADE, M. K.; DE JACQUES, J. J. How sustainable is organic packaging? A design method for recyclability assessment via a social perspective: A case study of Porto Alegre city (Brazil). Journal of Cleaner Production, v. 142, p. 2593–2605, jan. 2017.

TEIXEIRA, A. C. Educação ambiental: caminho para a sustentabilidade. Revista Brasileira de Educação Ambiental, Brasília, n.2, p. 23 – 31, 2007.

VASCONCELOS, Y. Planeta Plástico. Disponível em:<https://revistapesquisa.fapesp.br/planetaplastico/>. Acesso em: 23 jan. 2021.

Tipos de Plástico – saiba qual é o mais adequado para o seu produto. Disponível em < http://www.maispolimeros.com.br/2018/10/15/tipos-de-plastico-2/>. Acesso em: 02 mar. 2021.

WORLDOMETER. Polímero. Disponível em: < https://www.worldometers.info/pt/>. Acesso em: 24 jan. 2021.

Downloads

Publicado

2022-05-31

Como Citar

Viero, I. P., & Cidade, M. K. (2022). EXPERIÊNCIAS COM PROCESSOS DE RECICLAGEM DE POLÍMEROS PARA A JOALHERIA. IX Sustentável, 8(3), 93–105. https://doi.org/10.29183/2447-3073.MIX2022.v8.n3.93 - 105

Edição

Seção

Científica