DESIGN PARA O COMPORTAMENTO SUSTENTÁVEL: COCRIAÇÃO DE MAPAS CONCEITUAIS

Valkiria Pedri Fialkowski, Aguinaldo dos Santos

Resumo


O presente artigo relata um processo de aprendizagem em design com a intenção de fomentar o comportamento sustentável. Para a realização deste, buscou-se embasar e nivelar o entendimento sob a ótica de alguns subtemas de interesse do grupo de pesquisa que conduziu esta experiência, como Comportamento, Ciência dos Dados, Business Analytics, Iot e Smart Cities. Partindo dos subtemas citados, o objetivo foi o de incentivar uma reflexão sobre como o designer pode promover o comportamento sustentável no futuro. O método Design Science Research, aqui usado, permitiu com que um grupo de profissionais e estudantes discutissem e construíssem resultados, por meio de revisões gráficas de síntese. A discussão aponta a relevância do tema conjuntamente com seus subtemas, tanto no cenário atual como principalmente no cenário futuro.


Palavras-chave


Design; Sustentabilidade; Revisão gráfica de síntese; Design Science Research; Business Intelligence

Texto completo:

PDF/A

Referências


ANDERLE, D. F.; JUNIOR, V. F.; GAUTHIER, F. A Utilização da Tecnologia da Informação nas Smart Cities–um Estudo Bibliométrico. Instituto Federal Catarinense, sd, 2013.

BATTY, M., AXHAUSEN, K. W., GIANNOTTI, F., POZDNOUKHOV, A., BAZZANI, A., WACHOWICZ, M. ... & PORTUGALI, Y. Smart cities of the future. The European Physical Journal Special Topics, v. 214, n. 1, p. 481-518, 2012.

BHAMRA, T.; LILLEY, D.; TANG, T. Design for sustainable behaviour: Using products to change consumer behaviour. The Design Journal, v. 14, n. 4, p. 427-445, 2011.

BUENO, J.; PADOVANI, S.; SMYTHE, K. C. A. S. Representações gráficas de síntese (RGSs): proposta de um modelo de avaliação. InfoDesign-Revista Brasileira de Design da Informação, v. 14, n. 2, p. 187-203, 2017.

CESCHIN, Fabrizio. How to facilitate the implementation and diffusion of sustainable Product-Service Systems? Looking for synergies between strategic design and innovation sciences. 2010.

CESCHIN, F.; GAZIULUSOY, I. Evolution of design for sustainability: From product design to design for system innovations and transitions. Design studies, v. 47, p. 118-163, 2016.

DRESCH, A.; LACERDA, D. P.; JÚNIOR, J. A. V. A. Design science research: método de pesquisa para avanço da ciência e tecnologia. Bookman Editora, 2015.

FIALKOWSKI, V. P. Prospecção e Gestão de Design: Busca da Inovação Guiada pelo Significado. 296f. Dissertação: Programa de Pós-Graduação em Design – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2019.

LILLEY, Debra. Design for sustainable behaviour: strategies and perceptions. Design Studies, v. 30, n. 6, p. 704-720, 2009.

LÓPEZ-ROBLES, J. R., OTEGI-OLASO, J. R., GÓMEZ, I. P., & COBO, M. J. 30 years of intelligence models in management and business: A bibliometric review. International Journal of Information Management, v. 48, p. 22-38, 2019.

LUCAS, A.; CAFÉ, L. M. A.; VIERA, A. F. G. Inteligência de negócios e inteligência competitiva na ciência da informação brasileira: contribuições para uma análise terminológica. Perspectivas em Ciência da Informação, v. 21, n. 2, p. 168-187, 2016.

MANZINI, E.; VEZZOLI, C. O desenvolvimento de produtos sustentáveis: os requisitos ambientais dos produtos industriais. São Paulo: EDUSP/ Editora da Universidade de São Paulo, 2011.

MARGOLIN, Victor. Design, the future and the human spirit. Design Issues, v. 23, n. 3, p. 4-15, 2007.

MUNIZ, M. O.; SANTOS, A. D. A Pesquisa em Design para o Comportamento Sustentável: Lacunas e Desafios. Mix sustentável, v. 1, n. 2, p. 58-67, 2015.

PADOVANI, S. Representações gráficas de síntese: artefatos cognitivos no ensino de aspectos teóricos em design de interface. Educação Gráfica, Bauru, v. 16, n. 2, p. 123-142, 2012.

PETRINI, Maira. Incorporando a Gestão da Sustentabilidade aos Sistemas de Inteligência de Negócio. 157 f. Tese (doutorado) - Escola de Administração de Empresas de São Paulo, São Paulo, 2006.

PETRINI, M.; POZZEBON, M. Managing sustainability with the support of business intelligence: Integrating socio-environmental indicators and organisational context. The Journal of Strategic Information Systems, v. 18, n. 4, p. 178-191, 2009.

PRIOR, V. Glossary of terms used in competitive intelligence and knowledge management. Virginia: SCIP–Strategic and Competitive Intelligence Professionals, 2010.

ROSENMANN, C. H. B. A.; SCIAMANA, J. L.; FIALKOWSKI, V. P.; KISTMANN, V. B. Design e internet das coisas em produtos de linha branca no Brasil. In: 11º Congresso Brasileiro de Inovação e Gestão de Desenvolvimento do Produto CBGDP, 2017, São Paulo. Anais... São Paulo: Blucher, p. 905-913.

SANTOS, A. S. Seleção do Método de Pesquisa: Guia para pós graduando em design e áreas afins. Insight, 2018.

SANTOS, A. S.; PEREZ, I. U. Ensino de moda para atuação em novos contextos de design e de produção: sustentabilidade, open design e fabricação digital. Revista de Ensino em Artes, Moda e Design, v. 1, n. 1, p. 149-174, 2017.

SCHERER J., KLOECKNER A., RIBEIRO J., PEZZOTTA G., PIROLA F. Product-Service System (PSS) design: using Design Thinking and Business Analytics to improve PSS design. Procedia CIRP Publisher: Elsevier B.V. vol: 47 pp: 341-346, 2016.

STRAUSS, L. M., JANISSEK-MUNIZ, R., BRODBECK, A. F. Inteligência competitiva, empresarial, estratégica ou de negócios? Um olhar a partir da Administração de Empresas. FACEF Pesquisa-Desenvolvimento e Gestão, v. 14, n. 2, 2012.

SCIAMANA, J. L; FIALKOWSKI, V. P.; KISTMANN, V. Design e Internet das Coisas para a Indústria Calçadista: perspectivas futuras. In: 14º Colóquio de Moda, 2018, Curitiba. Anais... Curitiba: Pontifícia Universidade Católica do Paraná, 2018. p. 1-17.

VEZZOLI, C., KOHTALA, C., SRINIVASAN, A., DOS SANTOS, A., XIN, L., CHAVES, L. I., ... & ENGLER, R. C. Sistema Produto+ Serviço Sustentável: Fundamentos. 2018.




DOI: https://doi.org/10.29183/2447-3073.MIX2019.v5.n5.19-30

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Valkiria Pedri Fialkowski, Aguinaldo dos Santos

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.