FABRICAÇÃO DIGITAL COMO ABORDAGEM PARA OBTENÇÃO DA PRODUÇÃO E DESIGN DISTRIBUÍDOS

João Paulo Amaral Caccere, Aguinaldo dos Santos

Resumo


As mudanças na organização e distribuição da informação decorrentes das duas últimas décadas têm criado novas oportunidades de inovação para a sustentabilidade. Estas possuem como característica a crescente troca de dados, informações, conhecimento e cultura de forma livre e cada vez mais inclusiva através da internet. Neste contexto, a dissertação de mestrado desenvolvida dedicou-se à investigação de aplicações da Fabricação Digital, entendida preliminarmente como a utilização de uma série de ferramentas e tecnologias capazes de transformar desenhos digitais em artefatos tangíveis através de máquinas controladas por computador (GERSHENFELD, 2012). Essa abordagem foi pensada de maneira que pudesse viabilizar um panorama de utilização e difusão de estratégias de Produção e Design Distribuídos, que remetem a modos de esparjo do projeto e fabricação para regiões específicas, orientado ao consumo no próprio território onde se estabelecem tais atividades, implicando em impactos positivos nas dimensões ambiental, social e econômica da sustentabilidade (JOHANSSON et al., 2005; LENSIN, 2016). Os métodos principais utilizados foram a Revisão Bibliográfica Sistemática e a Pesquisa-Ação com a lógica abdutiva da Design Science Research. A pesquisa de campo foi subdividida em quatro ciclos de ação voltados para a criação de um Sistema Produto+Serviço que ofertasse mobiliário residencial open-source para moradores de Habitação de Interesse Social.

Palavras-chave


Fabricação Digital; Produção Distribuída; Design Distribuído; Habitação de Interesse Social

Texto completo:

PDF/A

Referências


GERSHENFELD, N. How to make almost anything: The digital fabrication revolution. Foreign Affairs, v. 91, p. 43, 2012.

JOHANSSON, A.; KISCH, P.; MIRAT, M. Distributed economies – a new engine for innovation. Journal of Cleaner Production, v. 13. 2005.

LENSIN. International Learning Network on Sustainability. Site. Disponível em: . Acesso em: 24 jun. 2016.




DOI: https://doi.org/10.29183/2447-3073.MIX2017.v3.n2.162-162

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 MIX Sustentável