REUTILIZAÇÃO DE MADEIRA DE LEI NO PROCESSO DE FABRICAÇÃO DE JOIAS

Marta Karina Leite, Fernanda Maleski, Ugo Leandro Belini, Isabela Mantovani Fontana

Resumo


Este artigo é resultante de uma pesquisa que teve como objetivo o desenvolvimento de joias de resíduos de madeira. Utilizou-se de conceitos relacionados a sustentabilidade, minimalismo e urbanismo. Constituída a partir de fundamentação teórica baseada na consciência sustentável dentro da indústria da moda e no impacto social e econômico desta área, estudou-se sobre as técnicas de reuso de materiais e processos de produção e metodologias, diferenciando as atividades de artesanato do design. O estudo de materiais e processos de fabricação na joalheria foi fundamental para a execução deste trabalho. Foi delimitado um tema para as joias, teste de uso e aceitação e desenvolvimento de embalagens, display e fotos de editorial.


Palavras-chave


design de joias; resíduos de madeira; materiais e processos

Texto completo:

PDF/A

Referências


BATISTA, Claudia Regina. A Modelagem 3D Digital de Joias e o Processo de Prototipagem Rápida. In: XXI Simpósio Nacional de Geometria Descritiva e Desenho Técnico, X International Conference on Graphics Engineering for Arts and Design. GRAPHICA’13: Florianopolis, 2013.

BROWN, Sass. Eco Fashion. London: Laurence King Publishin Ltd, 2010. 208p.

CHIARETTO, Silvana. Práticas Socioambientais no Fomento da Relação da Moda – Consumo – Sustantabilidade: Estudo em Casos Múltiplos em Empresas Mineiras de Moda. 117f. Dissertação (Mestrado em Administração) – Faculdade de Ciências Empresariais, Universidade FUMEC, Belo Horizonte, 2013.

CLARO, Luciana dos Santos. Objetos que têm o poder de fazer pensar: Design e Educação no Ensino Fundamental. Dissertação (Mestrado em Design) – Departamento de Artes e Design, PUC-RJ, Rio de Janeiro, fev. 2009.

DELLA MEA, Luciana. Sustentabilidade, Valor e Consumismo. Autossustentável, Rio de Janeiro, 13 mar. 2015. Disponível em: . Acesso em: 11 mai. 2016.

FINOTTI, A. R., SCHNEIDER, V. E., WANDER, P. R., HILLIG, É., SILVA, M. D’A. Uso energético de resíduos de madeira na cadeia produtiva de madeira/móveis e possibilidades de geração de créditos de carbono. In: Pólo Moveleiro da Serra Gaúcha - Sistemas de gerenciamento ambiental na indústria moveleira. Schneider, V. E., Nehme, M. C., Ben. F. Orgs. Educs, 2006, p. 191-230.

ICSID – International Council of Societies of Industrial Design. Disponível em: . Acesso em: 19 jul. 2016.

INCOMATELLI - Portas e Janelas. Disponível em: . Acesso em: 1 ago. 2016.

JUNIOR, Adelson Moura da Silva; LIMA, Sandovânio Ferreira de Lima. Ecodesign e Análise do Ciclo de Vida: Futuro Sustentável. Ciências Exatas e Tecnológicas. Maceió, v.2, n.3, p. 47-62, mai. 2015.

LOBACH, Bernd. Design Industrial – Bases para a configuração dos produtos industriais. São Paulo: Editora Edgard Blucher Ltda, 2001.

LOBO, Alice. Ecodesign não é Artesanato. ESTADÃO, São Paulo, ago. 2010. Sustentabilidade. Disponível em: . Acesso em: 19 jul. 2016.

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE. Levantamento Sobre A Geração De Resíduos Provenientes Da Atividade Madeireira E Proposição De Diretrizes Para Políticas, Normas E Condutas Técnicas Para Promover O Seu Uso Adequado. Projeto PNUD BRA 00/20 - Apoio às Políticas Públicas na Área de Gestão e Controle Ambiental. Curitiba, nov. 2009.

MAZZA, Adriana Carla Avelino; IPIRANGA, Ana Sílvia Rocha; FREITAS, Ana Augusta Ferreira de Freitas. O design, a arte e o artesanato deslocado do centro. Cadernos Ebape.BR. Rio de Janeiro, v.5, n.4, dez. 2007.

MORÉ, Carol T. Crua Design transforma madeira em jóia minimalista e com muito estilo. Follow the Colours, 24 jun. 2015. Disponível em: . Acesso em: 15 mar. 2017.

SORGER, Richard; UDALE, Jenny. The Fundamentals of Fashion Design. Lausanne: AVA Publishing SA, 2006.




DOI: https://doi.org/10.29183/2447-3073.MIX2017.v3.n3.78-86

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 MIX Sustentável