Entre “O Príncipe” e a “Razão de Estado”: apontamentos sobre a arte de governar entre as obras de Maquiavel e Botero

Diego Nunes

Resumo


O presente trabalho tem por escopo analisar a Razão de Estado dentro da história do direito público como instrumento para a manipulação dos institutos jurídicos pelos governantes entre o fim do Medievo e Absolutismo por meio dos escritos de Giovanni Botero e Niccolò Machiavelli (Maquiavel).


Palavras-chave


Razão de Estado; História do Direito Público; Giovanni Botero; Niccolò Machiavelli (Maquiavel).

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Captura Críptica: direito, política, atualidade