RESUMO DE TCC: COMPARAÇÃO DO DESEMPENHO TÉRMICO E ENERGÉTICO DE UM SISTEMA FOTOVOLTAICO INTEGRADO A UMA FACHADA: EDIFÍCIO EDUCACIONAL EM FLORIANÓPOLIS

Autores

  • Marina Espíndola Amorim Instituto Federal de Santa Catarina
  • Ana Lígia Papst de Abreu IFSC - INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA
  • Rogério de Souza Versage Instituto Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.29183/2447-3073.MIX2022.v8.n3.177%20-%20178

Resumo

As edificações são responsáveis por aproximadamente 50% do consumo deeletricidade no Brasil. A utilização de estratégias passivas, ativas, e proativas, podem ser usadas para melhorar o desempenho termo energético das edificações. Quando estas estratégias são incorporadas nas etapas iniciais de projeto, consegue-se obter os melhores resultados de desemepenho termico e energético com menor custo. Em edificações de vários pavimentos, o sistema de vedação vertical é o elemento construtivo com maior influência nas trocas de calor da edificação com o meio externo. Numa edificação com envoltória adequada ao clima (estratégia passiva), uma forma de melhorar o desempenho da edificação é o uso de sistema fotovoltaico aplicado na envoltória (BIPV), estratégia proativa que possibilita a geração de energia limpa in loco. Neste trabalho foi feito uma comparação do desempenho termo energético de três sistemas de vedação vertical em uma edificação de uso educacional em Florianópolis. Os casos avaliadosforam: um caso base, com parede simples em alvenaria; um caso com parede simples e sistema fotovoltaico aplicado diretamente sobre a fachada norte; e por último, um caso com sistema de parede dupla ventilada e sistema fotovoltaico integrado, funcionando como pele externa. Os modelos foram analisados por meio de simulação computacional no software EnergyPlus. Através dessas simulações obteve-se o consumo de energia, a carga térmica, o balanço térmico e a temperatura de ponto de equilíbrio de cada caso, além da geração de energia do sistema fotovoltaico. Como resultado constatou-se que os dois casos com uso de sistemas fotovoltaicos obtiveram um aumento da carga térmica de ar condicionado quando comparados ao caso base. Desta forma, os casos com sistemas fotovoltaicos na fachada apresentaram um consumo maior de energia quando comparados ao caso base. Porém, a geração de energia decorrente do sistema fotovoltaico simulado foi superior a demanda energética do ar condicionado, resultando que o caso base apresentou a maior demanda energética.

Biografia do Autor

Marina Espíndola Amorim, Instituto Federal de Santa Catarina

Formanda do Curso de Engenharia Civil do IFSC/Câmpus Florianópolis

Ana Lígia Papst de Abreu, IFSC - INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA

Professora do Departamento Acadêmico de Construção Civil- IFSC/Câmpus Florianópolis

Rogério de Souza Versage, Instituto Federal de Santa Catarina

Professor do Departamento Acadêmico de Construção Civil- IFSC/Câmpus Florianópolis

Referências

EPE. Empresa de Pesquisa Energética. Balanço Energético Nacional. Relatório Síntese / ano base 2020. Rio de Janeiro: 2021. Disponível em < https://www.epe.gov.br/pt/publicacoes-dados-abertos / publicacoes / balancoenergetico-nacional-2021>. Acesso em 17 ago. 2021.

Downloads

Publicado

2022-05-31

Como Citar

Amorim, M. E., de Abreu, A. L. P., & Versage, R. de S. (2022). RESUMO DE TCC: COMPARAÇÃO DO DESEMPENHO TÉRMICO E ENERGÉTICO DE UM SISTEMA FOTOVOLTAICO INTEGRADO A UMA FACHADA: EDIFÍCIO EDUCACIONAL EM FLORIANÓPOLIS. IX Sustentável, 8(3), 177–178. https://doi.org/10.29183/2447-3073.MIX2022.v8.n3.177 - 178

Edição

Seção

Graduação, Iniciação Científica e Pós-graduação