A INFLUÊNCIA DA VERTICALIZAÇÃO NA SENSAÇÃO TÉRMICA URBANA: ESTUDO DE CASO EM VILA VELHA/ES

Juliana Silva Almeida Santos, Aline Silva Sauer

Resumo


O crescimento acelerado dos centros urbanos vem provocando sérias transformações no solo e no meio natural, gerando alterações no microclima destas áreas e impactando diretamente no conforto ambiental da população. Neste contexto, o planejamento e gestão das áreas urbanas deve ser elaborado de modo a gerenciar o crescimento e garantir a qualidade de vida dos cidadãos. Assim, esta pesquisa objetivou avaliar a possível influência da verticalização no microclima urbano e sobre a sensação térmica dos transeuntes, a partir de um estudo comparativo entre quatro bairros próximos à orla de Praia de Itaparica em Vila Velha/ES. A metodologia partiu de revisão bibliográfica e consistiu na elaboração de um estudo de caso para monitoramento climático simultâneo à aplicação de um instrumento de avaliação da sensação térmica dos transeuntes. Os resultados indicaram que a verticalização exerce influência sobre as variáveis climáticas e por consequência interfere na sensação térmica dos transeuntes.

Palavras-chave


Verticalização; Microclima Urbano; Sensação Térmica; Conforto Ambiental

Texto completo:

PDF/A

Referências


MASCARÓ, L.; MASCARÓ, J. J. Ambiência urbana – Urban Enviroment. 3. ed. Porto Alegre [RS]: Masquatro Editora, 2009. 200 p.

ALMEIDA, E. M. de A.; BARBIRATO, G. M. A morfologia urbana como determinante de variações climáticas locais: estudo comparativo das orlas marítima e lagunar de Maceió – AL, 2004. Anais eletrônicos...I Conferência Latino-americana de Construção Sustentável X Encontro Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído, São Paulo, SP, Brasil. Acesso em: 09 abr. 2018.

LANDSBERG, H. E. O clima das cidades. Revista do Departamento de Geografia, São Paulo [SP], v. 18, pp. 95-111, 2006. Disponível em: . Acesso em: 19 jun. 2017.

MONTEIRO, C. A. de F.; MENDONÇA, F. Clima Urbano. São Paulo: Contexto, 2003. 192 p.

ESPÍRITO SANTO. Secretaria de Estado de Turismo. Geografia do Espírito Santo. (s.d.). Disponível em: . Acesso em: 11 fev. 2019.

IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo demográfico, 2010. Disponível em: . Acesso em: 08 jun. 2017.

VILA VELHA. Prefeitura Municipal. Perfil socioeconômico por bairros. Vila Velha, 2013a.

CHALHUB, Antônio. O imaginário da cidade no pacto socioambiental de um plano diretor municipal: o planejamento urbano e a lei em Vila Velha/ES. Vitória, 2010. 402 p.

GOOGLE. Software Google Earth Pro. Estados Unidos, 2017. Disponível em: . Acesso em: 10 nov. 2017.

VILA VELHA. Prefeitura Municipal. Plano municipal de contingência. Vila Velha, 2013b.

CASTELO BRANCO, L. M. B. Microclimas urbanos no Plano Piloto de Brasília: o caso da superquadra 108 sul. 146 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade de Brasília [DF], 2009.

SILVA, Fabiana Trindade da. Conforto do transeunte: a porosidade urbana como condicionante da ventilação. 121 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória [ES], 2014.

SANTOS, G. E. de O. Cálculo amostral: calculadora online. Disponível em: . Acesso em: 15 out. 2017.

INMET, Instituto Nacional de Meteorologia. Prognóstico climático de primavera. (2017a). Disponível em: . Acesso em: 03 out. 2017.

CLIMA TEMPO. Previsão do tempo. Disponível em: . Acesso em: 22 out. 2017.

INMET, Instituto Nacional de Meteorologia. Estações automáticas. (2017b). Disponível em: < http://www.inmet.gov.br/portal/index.php?r=estacoes/estacoesAutomaticas>. Acesso em: 08 nov. 2017.

ROMERO, Marta A. B. Princípios bioclimáticos para o desenho urbano. 2. ed. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2000. 128 p.

BARBIRATO, G. M.; SOUZA, L. C.; TORRES S. Clima e cidade: abordagem climática como subsídio para estudos urbanos. Maceió: EDUFAL, 2016. 201 p.

ACIOLY, Cláudio; DAVIDSON, Forbes. Densidade urbana: um instrumento de planejamento e gestão urbana. 2. ed. Rio de Janeiro: Mauad, 2011.




DOI: https://doi.org/10.29183/2447-3073.MIX2020.v6.n4.29-42

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Juliana Silva Almeida Santos, Aline Silva Sauer

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.