O PAPEL DAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (TIC) NA ESCOLA PARA A SOCIALIZAÇÃO E FORMAÇÃO DOS JOVENS RESIDENTES NA ÁREA RURAL DE MAJOR VIEIRA/SC/BRASIL

Autores

Palavras-chave:

Tecnologia de Informação e Comunicação, Educação, Escola do campo, Jovens, Major Vieira/SC

Resumo

A tecnologia tem função de fazer a integração da sociedade. Todo cidadão tem direito de usufruir e explorar recursos tecnológicos, vivendo na cidade ou campo. O objetivo deste artigo é verificar probabilidades de acesso aos meios tecnológicos e compartilhamento de informação pelos estudantes de escolas do campo de Major Vieira, município localizado na região do Planalto Norte do Estado de Santa Catarina. Pretendemos entender a realidade e as necessidades de acesso à internet, os meios de comunicação e informação que fazem partem do cotidiano dos estudantes dessa escola. Este artigo está subdividido em duas partes: na primeira discorremos sobre os conceitos básicos de tecnologia, sociedade e educação do campo e na segunda sobre as TIC na educação em Santa Catarina onde faremos um estudo de caso em uma escola. Como resultados obtivemos uma série de gráficos e informações sobre a realidade local que nos provoca, enquanto educadores, sobre qual o papel das TIC na educação. As conclusões apontam que a escola tem grande importância para a interação com as TIC por parte dos alunos e dos professores. Como educadores do campo, devemos trabalhar de forma a respeitar as especificidades dos jovens. Hoje é preciso saber metodologias para se ultrapassar as barreiras, pois a sociedade evolui e o campo e suas escolas devem acompanhar a evolução dessas novas tecnologias, não somente no agronegócio, mas também no âmbito educacional. Precisamos, portanto, buscar o avanço e a necessidade de políticas públicas que subsidiem em favor de uma educação de qualidade e tecnológica.

Biografia do Autor

Sílvio Domingos Mendes da Silva, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC

Sílvio Domingos Mendes da Silva é Doutor em Geografia pela Universidade Federal de Santa Catarina. Atualmente é Professor do Departamento de Metodologia de Ensino da UFSC.  

Denize Massimo Rodrigues, UFSC

Denize Massimo Rodrigues é licenciada em Educação do Campo pela Universidade Federal de Santa Catarina.

Referências

AMES, P. As crianças e suas relações com as tecnologias da informação e comunicação: um estudo em escolas peruanas. PEPSIC, Desidades vol.11 Rio de Janeiro jun. 2016. Disponível em: <http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2318-92822016000200002>. Acesso em 20 nov. 2019.

AZEVEDO, A. et al. TICs na Educação: multivisões e reflexões coletivas. Educação & Linguagem. v. 17. n. 2. jul.-dez. 2014. pp. 215-236

BELUSSO, A. PONTAROLO, E. Uma reflexão sobre tecnologia digital nas escolas do campo como possibilidade para o desenvolvimento dos territórios camponeses. VIII Seminário Internacional sobre Desenvolvimento Regional. Territórios, Redes e Desenvolvimento Regional: Perspectivas e Desafios. Santa Cruz do Sul, RS, Brasil, 13 a 15 de setembro de 2017. Disponível em: https://online.unisc.br/acadnet/anais/index.php/sidr/article/view/16561/4362. Acesso em 12 out. 2019.

CETIC. TIC Kids Online Brasil. Disponível em: <https://cetic.br/pesquisa/kids-online/> Acesso 20 nov. 2019

FONSECA, D. C. L. e FERREIRA, S. L. A formação do professor e as tecnologias da informação e comunicação: desafios contemporâneos. Revista da Faced, nº 10, 2006. pp. 61-72. Disponível em: <https://periodicos.ufba.br/index.php/entreideias/article/view/2705/1915>. Acesso em 20 nov. 2020.

FONTE, L. A influência das novas formas de comunicação no desenvolvimento sócio-emocional das crianças. Porto Alegre, 2008. Disponível em: . Acesso em jan. 2020.

GARCIA, P. S. A Internet como nova mídia na educação. 2010. Disponível em: http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/arquivos/File/2010/artigos_teses/EAD/NOVAMIDIA.PDF Acesso em: janeiro 2020.

GONÇALVES, B. G. NUERNBERG, D. A dependência dos adolescentes ao mundo virtual. Revista de Ciências Humanas, Florianópolis, Volume 46, Número 1, p. 165-182, Abril de 2012.

IBGE. Estimativa populacional. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/estatisticas/sociais/populacao/9103-estimativas-de-populacao.html?=&t=o-que-e. Acesso em 20 nov. 2019.

IIZUKA. E. S. Um estudo exploratório sobre a exclusão digital e as organizações sem fins lucrativos da cidade de São Paulo. Dissertação (Mestrado em Administração Pública e Governo) – FGV – Fundação Getúlio Vargas, São Paulo, 2003. Disponível em: <http://hdl.handle.net/10438/2397>. Acesso em 21 dez. 2019.

KENSKI, V. M. Tecnologias e o ensino presencial e a distância. Campinas: 8ª Ed. Papirus, 2010.

LUSTROSA, P. H. (rel.); PAZ FILHO, J. S. (Coord.). Alternativas de políticas públicas para a banda larga. Série cadernos de altos estudos, n. 6. Brasília: Câmara dos Deputados, Edições Câmara, 2009. Disponível em: <http://www2.camara.leg.br/a-camara/altosestudos/pdf/banda-larga/PDF%20banda-largaweb.pdf>. Acesso em: 20 jul. 2020.

MARX, K. Capital e tecnologia: manuscritos inéditos de 1861-1863. México. Editorial Terra Nova. 1980.

MODROW, E. S. SILVA, M. B da. A ESCOLA E O USO DAS TIC: limites e possibilidades. Os desafios da escola pública paranaense na perspectiva do professor PDE, versão On-line, Cadernos PDE, Vol. 1, 2013. Disponível em: http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/cadernospde/pdebusca/producoes_pde/2013/2013_uepg_ped_artigo_elizabeth_santanna_modrow.pdf. Acesso em 21 de jan. 2020.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS. Report of the Special Rapporteur on the promotion and protection of the right to freedom of opinion and expression, Frank La Rue. 16 de Maio de 2011. Disponível em: <https://www.refworld.org/docid/50f3db632.html> Acesso em 19 de janeiro de 2021.

PASSOS, J. C. ABREU, M. A. A. A Inclusão Digital como Mecanismo de Inclusão Social: um olhar sobre os resultados de alguns Projetos Sociais. XXXV Encontro da ANPAD. Rio de Janeiro. 2011. Disponível em http://www.anpad.org.br/admin/pdf/ADI1044.pdf. Acesso em 12 dez. 2020.

RODRIGUES, A. Z. A utilização das tecnologias de informação e comunicação – tics no processo de ensino-aprendizagem. Anais III CONEDU... Campina Grande: Realize Editora, 2016. Disponível em: <http://www.editorarealize.com.br/artigo/visualizar/20115>. Acesso em: 18 jan. 2021

SANTOS, P. L. V. A. DA C.; CARVALHO, A. G. Sociedade da Informação: avanços e retrocessos no acesso e no uso da informação. Informação & Sociedade: Estudos, v. 19, n. 1, 26 abr. 2009.

SILVA, R. L da. OLIVEIRA, G. F. A universalização do acesso à internet como novo direito fundamental: das políticas de inclusão à educação digital. junho 2014. Disponível em: <http://www.publicadireito.com.br/artigos/?cod=2b31595206d7115e> Acesso em: 10 janeiro 2020.

TAKAHASHI, T. (Org.) Sociedade da Informação no Brasil: Livro Verde. Brasília: Ministério da Ciência e Tecnologia, 2000.

VEIGA, J. E. da. Cidades imaginárias: o Brasil é menos urbano do que se calcula. Campinas, SP: Autores Associados, 2002.

XAVIER M. C, TEIXEIRA, C. R, e SILVA B. P. S da. Aplicação das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) na educação e os desafios do educador. Dialogia, São Paulo, v. 9, n. 1, p. 105-115, 2010. Disponível em: https://pt.scribd.com/doc/66434497/APLICACAO-DAS-TECNOLOGIAS-DA-INFORMACAO-E-COMUNICACAO-TICs-NA-EDUCACAO-E-OS-DESAFIOS-DO-EDUCADOR. Acesso em 21 jul. 2020.

Downloads

Publicado

2022-07-31

Edição

Seção

ARTIGOS CIENTÍFICOS