ANÁLISE DAS PROPRIEDADES TECNOLÓGICAS DE COPOS DESCARTÁVEIS

Laura Toledo, Rafael Peduzzi, Luis Fernando Folle, Carla Pantoja Giuliano

Resumo


Percebe-se uma popularização da preocupação com o impacto ambiental dos copos descartáveis. Desse contexto surge a motivação para este estudo, que tem foco no uso cotidiano de copos descartáveis. Foram feitos: teste de isolamento térmico, teste de vazamento, ensaio de compressão e observação em microscópio. Como objeto de estudo, foram escolhidos 4 tipos de copo descartável de uso voltado a bebidas quentes, de acordo com seu material: papel com e sem revestimento plástico, poliestireno (plástico) e poliestireno expandido (Isopor). Busca-se comparar propriedades tecnológicas dos materiais, investigando especificamente um material recente no mercado brasileiro, considerado mais sustentável: o copo de papel.


Palavras-chave


Sustentabilidade; copos descartáveis; reciclagem

Texto completo:

PDF/A

Referências


BORGES, Juliana. Agora, na Starbucks, o vilão é o copo. EXAME , Fev. 2011. Disponível em: Acesso em 24 nov. 2016.

COPOS ecológicos de papel podem substituir descartáveis. Terra , out. 2010. Seção Ciência. Disponível em: Acesso em 24 nov. 2016.

FAQ - Dúvidas Frequentes. Estilopack , 2016. Disponível em: Acesso em 07 dez. 2016.

GUIA básico de procedimentos de reciclagem e reaproveitamento do EPS. CASTAGNA IMP. EXP. LTDA. , 2016. Disponível em: Acesso em 07 dez. 2016.

HÄKKINEN, Tarja.; VARES, Sirje. Environmental impacts of disposable cups with special focus on the effect of material choices and end of life. Journal of Cleaner Production , v. 18, p. 1458-1463, 2010.

HOCKING, Martin B. Reusable and disposable cups: An energy-based evaluation. Environmental Management , v. 18, p. 889-899, 1994.

INMETRO. Lista de copos descartáveis . 2016. Disponível em: Acesso em 07 dez. 2016.

LAVE, Lester B. et al. Using Input-Output Analysis to Estimate Economy-wide Discharges. Environmental Science & Technology , v. 29, n. 9, p. 420A-426A, 1995.

LUNA, Taryn. Amid criticism, Dunkin’ moves to replace foam cups. Boston Globe, Boston, Ago. 2013. Seção Business. Disponível em: Acesso em 24 nov. 2016.

MITCHELL, Jonathan. et al. Recycling disposable cups into paper plastic composites. Waste Management , v. 34, p. 2113-2119, 2014.

POR QUE Nova York declarou guerra ao isopor. BBC Brasil , São Paulo, Jul. 2015. Disponível em: Acesso em 24 nov. 2016.

RHIM, Jong-Whan; KIM, Jung Hoan. Properties of Poly(lactide)-Coated Paperboard for the Use of 1-Way Paper Cup. Journal of Food Science , v. 74, n. 2, p. E105-E111, 2009.

SMYTH, Danielle P.; FREDEEN, Arthur L.; BOOTH, Annie L. Reducing solid waste in higher education: The first step towards ‘greening’ a university campus. Resources, Conservation and Recycling , v. 54, p. 1007-1016, 2010.

VAN DER HARST, Eugenie;, POTTING, José. A critical comparison of ten disposable cup LCAs. Environmental Impact Assessment Review , v. 43, p. 86-96, 2013.

______. Variation in LCA results for disposable polystyrene beverage cups due to multiple data sets and modelling choices. Environmental Modelling & Software , v. 51, p. 123-135, 2014.

VAN DER HARST, Eugenie; POTTING, José; KROEZE, Carolien. Comparison of different methods to include recycling in LCAs of aluminium cans and disposable polystyrene cups. Waste Management , v. 48, p. 565-583, 2016.

______. Multiple data sets and modelling choices in a comparative LCA of disposable beverage cups. Science of the Total Environment v. 494-495, p. 129-143, 2014.

ZHANG, Ning. et al. Factors affecting water resistance of alginate/gellan blend films on paper cups for hot drinks. Carbohydrate Polymers , v. 156, p. 435-442, Jan. 2017.

ZUINI, Priscila. Estilo Pack fatura R$ 15 milhões com copos de papel. Revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios, Jul. 2015. Disponível em: Acesso em 24 nov. 2016.




DOI: https://doi.org/10.29183/2447-3073.MIX2017.v3.n3.71-77

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 MIX Sustentável



 

Advanced Sciences

 
www.journal-index.org