SUSTENTABILIDADE, CERTIFICAÇÃO LEED E USUÁRIO: ESTUDO EM RETROFIT DE EDIFÍCIO CORPORATIVO

Maria Fernanda Oliveira, Daniel Reis Medeiros, Isabela Franco Schreiber, Matheus Vanzin Verona, Fernanda Pacheco

Resumo


O retrofit amplia o desempenho e a vida útil da edificação, possibilitando aliar questões de sustentabilidade ambiental, social e econômica, com estética e funcionalidade. O presente estudo de caso avaliou diretrizes projetuais, visando aliar soluções sustentáveis e economicamente viáveis ao projeto e execução de um retrofit de edificação comercial, em São Leopoldo, RS, utilizando elementos estéticos atuais e corporativos, almejando a satisfação dos usuários. O estudo iniciou com levantamentos, incluindo visitas na edificação existente e aplicação de um questionário de avaliação pós-ocupação (APO), identificando elementos passíveis de modificação e sem grandes alterações estruturais, para definição das diretrizes projetuais, conforme as exigências da certificação LEED para grandes reformas e interiores comerciais. Apresentam-se os projetos da proposta desenvolvida e o acompanhamento de sua execução. Após, aplicou-se novo APO, para avaliar as soluções de projeto. O comparativo entre os questionários demonstra o aumento dos níveis de satisfação dos usuários, em relação ao conforto e bem-estar e evidencia a importância de uma APO para algumas definições do retrofit da edificação.


Palavras-chave


Arquitetura Corporativa; Qualidade no trabalho; Avaliação Pós-Ocupação; Satisfação do usuário

Texto completo:

PDF/A

Referências


AGOPYAN, V.; JOHN, V. M. O Desafio da Sustentabilidade na Construção Civil. São Paulo: Blucher, 2012. 144 p.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 9050: Acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos. Rio de Janeiro, 2015.

FONSECA, Juliana Figueiredo. A contribuição da ergonomia ambiental na composição cromática dos ambientes construídos de locais de trabalho de escritório. 2004. 292f. Dissertação (Mestrado em Design) - Programa de Pós-Graduação em Design, Pontífera Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), Rio de Janeiro, 2004.

GURGEL, Miriam. Projetando Espaços: Guia de arquitetura de interiores para áreas comerciais. 5. ed. São Paulo: Senac. 2014.

ISSA, Maíra P.; POLTRONIERI, Julyane P.; ORNSTEIN, Sheila W. Procedimentos para Avaliação Pós-Ocupação (APO) de Edifícios Escolares: O Caso da E.E. Fernando Gasparian, na cidade de São Paulo. In: NUTAU 2008. Anais eletrônicos... São Paulo: USP, 2008.

LAMBERTS, Roberto; DUTRA, Luciano; PEREIRA, Fernando O. R. Eficiência Energética na Arquitetura. São Paulo: Eletrobrás, 2014. 366 p.

LIMA, Kamila Mendonça de; BITTENCOURT Leonardo Salazar. Efeito do espaçamento, inclinação e refletância de brises horizontais com mesma máscara de sombra na Iluminação natural e ganhos térmicos em Escritórios em Maceió - AL. In: ENCONTRO NACIONAL DE TECNOLOGIA DO AMBIENTE CONSTRUÍDO – ENTAC, XIV, 2012, Juiz de Fora. Anais eletrônicos...Juiz de Fora: Centro de Referência e Informação em Habitação, 2012. Disponível em: http://www.infohab.org.br/entac2014/2012/docs/1486.pdf

MORAES, Virginia Tambasco Freire; QUELHAS Osvaldo Luiz Gonçalvez. Programa de Engenharia de Produção, UFF. pg 448-461. O desenvolvimento da metodologia e os processos de um retrofit arquitetônico. Revista Eletrônica Sistema & Gestão, Volume 7, número 3. Niterói, 2012.

ONO, R.; ORNSTEIN, S. W.; VILLA, S. B.; FRANÇA, A. J. G; L. Avaliação Pós-Ocupação na Arquitetura, no Urbanismo e no design: da teoria à prática. 1. ed. São Paulo: Oficina de Textos, 2018.

PIQUETTI, Tammi. Uso da arquitetura para qualidade de vida nas empresas. Especialize revista on-line IPOG, Florianópolis, v.4, 2012. Disponível em: http://www.ipog.edu.br/uploads/arquivos/eddbc6d6b354a289ac7b699622ffd62a.pdf . Acesso em 10 jul. 2015.

PNUMA – Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente. Aspectos da Construção Sustentável no Brasil e Promoção de Políticas Públicas: subsídios para a promoção da construção civil sustentável. 2014. 133 p.

RHEINGANTZ, Paulo Afonso et al. Observando a qualidade do lugar: procedimentos para a avaliação pós-ocupação. Rio de Janeiro: Coleção PROARQ, Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal do Rio de Janeiro (FAU-UFRJ), 2009.

SILVA, M. M. G.; GOULART, Solange. Princípios de sustentabilidade aplicados ao processo de projeto de edificações: uma ferramenta de auxílio ao projeto. In: ENCONTRO NACIONAL DE TECNOLOGIA DO AMBIENTE CONSTRUÍDO – ENTAC, XIV, 2012, Juiz de Fora. Anais eletrônicos...Juiz de Fora: Centro de Referência e Informação em Habitação, 2012.

SILVA, V. G.; PARDINI, A. F. Aplicação da certificação LEEDTM no Brasil: contribuição ao entendimento com base em dois estudos de casos. PARC Pesquisa em Arquitetura e Construção, Campinas, v. 1, n. 6, p. 115-130, 2011.

VALE, Mauricio Soares do. Diretrizes para a racionalização e atualização das edificações: segundo o conceito da qualidade e sobre a ótica do retrofit. 2006. 220f. Dissertação (Mestrado em Ciências em Arquitetura) - Programa de Pós-Graduação em Arquitetura, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Rio de Janeiro, 2006.




DOI: https://doi.org/10.29183/2447-3073.MIX2020.v6.n3.91-106

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Maria Fernanda Oliveira, Daniel Reis Medeiros, Isabela Franco Schreiber, Matheus Vanzin Verona, Fernanda Pacheco

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.