DESEMPENHO DE ARGAMASSAS DE REVESTIMENTO PRODUZIDAS COM BORRACHA DE PNEUS

Nayra Alberici Pinto, Cesar Fabiano Fioriti

Resumo


Este trabalho teve como objetivo estudar argamassas mistas de revestimento produzidas com 10% em volume de resíduos de borracha de pneus, em substituição parcial ao agregado miúdo, aplicadas em painéis de alvenaria. Foi analisado o desempenho das argamassas de revestimento mediante a realização de ensaios de permeabilidade à água, resistência ao impacto de corpo duro e susceptibilidade à fendilhação. As granulometrias de borracha utilizadas foram denominadas de fina (#0,075mm) e grossa (#2,38mm). Os resultados indicaram nas argamassas produzidas com borracha: tendência de maior permeabilidade à água com o aumento da granulometria da borracha; que a maior granulometria apresenta o melhor resultado de impacto de corpo duro; e que não ficam sujeitas a ocorrência de fissuras. Diante disso, teve-se como indicativo de melhor resultado a granulometria de borracha fina.


Palavras-chave


Resíduos de borracha; Desempenho; Argamassas

Texto completo:

PDF

Referências


PEDRO, D. A. G. Desempenho de argamassas fabricadas com incorporação de materiais finos provenientes da trituração de pneus. 2011, 155 f. Dissertação (Mestrado) – Instituto Superior Técnico da Universidade Técnica de Lisboa, Lisboa, 2011.

TRIGO, A. P. M.; MARQUES, A. C.; AKASAKI, J. L.; MARINHO, J. R. D. Argamassa com adição de resíduos de borracha submetida à elevada temperatura. In: Congresso Brasileiro do Concreto, 47, 2005, Olinda. Anais... Olinda: IBRACON, p. 55-63.

RAGHVAN, D.; HUYNH, H.; FERRARIS, C. F. Workability, mechanical properties, and chemical stability of a recycled tyre rubber-fillet cementations composite. Journal of Materials Science, v. 33, p. 1745-1752, 1998.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR NM 23: Cimento Portland e outros materiais em pó – Determinação da massa específica. Rio de Janeiro, 2001.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR NM 45: Agregados – Determinação da massa unitária e do volume de vazios. Rio de Janeiro, 2006.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR NM 52: Agregado miúdo – Determinação de massa específica e massa específica aparente. Rio de Janeiro, 2009.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR NM 53: Agregado graúdo – Determinação da massa específica, massa específica aparente e absorção de água. Rio de Janeiro, 2003.

THOMAZ, E. Tecnologia, gerenciamento e qualidade na construção civil. São Paulo: Editora Pini, 2001.

FIORITI, C. F. Pavimentos intertravados de concreto utilizando resíduos de pneus como material alternativo. 2007. 202 f. Tese (Doutorado) – Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo, São Carlos, 2007.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 9778: Argamassa e concreto endurecidos – Determinação da absorção de água, índice de vazios e massa específica. Rio de Janeiro, 2005.

CENTRE SCIENTIFIQUE ET TECHNIQUE DE LA CONSTRUCTION – CSTC. Hydrofuges de surface: choix et mise em oeuvre. Bruxelles. (Note D`Information Technique – NIT n. 140), 24 p., 1982.

CENTRE SCIENTIFIQUE ET TECHNIQUE DU BÂTIMENT – CSTB. Certification des enduits monocouches d’ imperméabilisation: Modalités d’ essais. Cahiers du Centre Scientifique et Tecchnique du Bâtiment, L.341, C.2669-4, 7p., 1993.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 9454: Determinação da resistência ao impacto de piso cerâmico. Rio de Janeiro, 1986. (norma extinta).

DHIR, R., PAINE, K. E MORONEY, R. Recycling of used tyres in concrete. Concrete, London, v. 37, nº 9, p.47-48, 2003.




DOI: https://doi.org/10.29183/2447-3073.MIX2016.v2.n2.60-66

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 MIX Sustentável