III COLUNI EM CENA: do Trágico ao Épico

Danielle Rodrigues de Moraes

Resumo


Este artigo é a conclusão de um trabalho realizado no Colégio de Aplicação Coluni, da Universidade Federal de Viçosa (UFV), sobre o processo de ensino/aprendizagem do teatro no primeiro ano do Ensino Médio. O projeto “Coluni em Cena”, no ano de 2017, realizou sua terceira edição: “do Trágico ao Épico”, sendo idealizado pela área de Arte, em interdisciplinaridade com as áreas de História, Língua Espanhola, Língua Portuguesa e Literatura. Foi desenvolvido ao longo de todo ano letivo, a partir de muitas atividades. Com o objetivo de analisar a inserção da linguagem cênica no contexto escolar, foi realizada uma pesquisa qualitativa que buscou apreender os desafios enfrentados ao se ensinar teatro e seu impacto entre os participantes. Os resultados evidenciaram o papel social que o teatro assume, atuando no desenvolvimento das habilidades artísticas, na criatividade e principalmente no incentivo do trabalho em grupo.


Palavras-chave


Interdisciplinaridade; Linguagem Teatral; Educação.

Texto completo:

PDF

Referências


ABREU, Luis Alberto 2004. Processo Colaborativo: Relato e Reflexões sobre uma Experiência de Criação. Disponível em:

. Acesso em 24 out. 2018.

ARCOVERDE, Silvana Lídia Moraes. A importância do teatro na formação da criança. Disponível em: . Acesso em 20 de fev. 2018.

BARBALHO, Duarte de Magalhães. O Colégio de Aplicação - CAp/COLUNI da Universidade Federal de Viçosa: Histórias de sucesso (memórias e identidade). Dissertação (Mestrado) – Univ. Federal de Juiz de Fora (UFJF). Programa de Pós-Graduação em Educação, 2008. 167 p.

BARBOSA, Joana Marques. Do corpo à máscara: compor o personagem e contar uma história. Disponível em://C:/Users/Mega/Desktop/Downloads/JOANAMARQUESBARBOSAVC.pdf>. Acesso em 12 jan. 2018.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: arte (5ª a 8ª séries). Brasília: MEC/SEF, 1998.

CESCONETTO, Luciana. A utilização da máscara neutra na formação do ator. Urdimento. Revista de Estudos em Artes Cênicas. UDESC, vol 1, n 4, 2002.

FAZENDA, Ivani. O que é interdisciplinaridade? São Paulo: Cortez,2008.

GODOY, A.S. Introdução à Pesquisa Qualitativa e suas Possibilidades,1995. Disponível em:

. Acesso em 13 nov. 2017.

MORAES, D.R.; Teatro na escola: da lei a lida. Dissertação (Mestrado) - Unversidade Federal de São João Del Rei (UFSJ). Programa de Pós-Graduação em Educação, 2011. 150 p.

PERITO, Renata Zandomenico; RECH, Sandra Regina. A Criação do Figurino no Teatro.

Disponível em:

%202012/GT09/POSTER/102328_A_Criacao_do_Figurino_no_Teatro.pdf>. Acesso em 05 fev. 2018.

RIESS, Maria Luiza Ramos. Trabalho em grupo: instrumento mediador de socialização e aprendizagem. Disponível em:

. Aceso 22 nov. 2018.

SANTOS. Luis Alberto Brandão dos. O Corpo no Teatro. Aletria: Revista de Estudos de Literatura. UFMG, vol 1 n. 7, 2000. p. 279-285. Disponível em: Acesso em 26 nov. 2018.

SILVA, Ana Lúcia Ribeiro da. 2015. Do ensinar e do aprender Teatro na sala de aula: criando e improvisando no colégio Estadual Odorico Tavares. Disponível em:

Acesso em 23 out. 2018.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.