Redução do índice de desplacamento de flocos em calçados plásticos por meio da metodologia Seis Sigma

Eder da Silva Xavier, Mauricio Johnny Loos

Abstract


The flocking process is of great importance for the company in question, as it has added significant value to footwear, especially in winter collections. However, this process has one of the highest PPM (pairs per million) in the factory, with the flaking layer of the footwear being the biggest failure mode. In view of this scenario, we intend to work with the following problem: how to reduce the flaking index in plastic shoes using the six sigma methodology? In addition to the general objective, it is also intended to identify which are the main factors related to flaking flaking, in order to obtain a greater adherence of this to the substrate. This article showed, through the information obtained and the analyzes carried out, a considerable reduction in the level of flaking flaking, also defining the level of each factor to be worked on and which of these factors are more relevant to the performance of the adhesion. As a proposal for a process, there is a suggestion to increase the adhesive layer applied to the footwear surface, this variable being the one that most influenced the results.


Keywords


: Processo de flocagem; Seis sigma; PPM; Cpk; Resistência à abrasão

References


Aguiar, S. (2002). Integração das Ferramentas da Qualidade ao PDCA e ao Programa Seis Sigma. Belo Horizonte: Editora de Desenvolvimento Gerencial.

Alvarez, M. (2012). Gestão de qualidade, produção e operações. 2ª Ed. São Paulo: Atlas S.A.

Campos, V. F. (1999). TQC - Controle da Qualidade Total (No estilo japonês). Belo Horizonte: EDG – Editora de Desenvolvimento Gerencial.

Galvani, L.; CARPINETTI, L. (2013). Production (Revista Produção). Rio de Janeiro. ABEPRO – Associação Brasileira de Engenharia de Produção.

Keller, T.; Keller, P. (2011). Seis sigma - Guia do profissional. Rio de Janeiro: Atlas Books.

Rodrigues, M. (2014). Entendendo, Aprendendo e Desenvolvendo. Qualidade Padrão Seis Sigma.2ªEd. São Paulo: Elsevier.

Rodrigues, M. (2004) Ações para a qualidade: GEIQ, gestão integrada para a qualidade: padrão seis sigma, classe mundial. Rio de Janeiro: Qualitymark.

Rotondaro, R. (2002). Seis Sigma. Estratégia Gerencial Para a Melhoria de Processos, Produtos e Serviços. São Paulo: Atlas S.A.

Werkema, C. (2011). Banas Qualidade – A Metodologia Six Sigma. São Paulo.

Werkema, C. (2018). Como Construir o Mapa de Raciocínio de um Projeto Lean Seis Sigma. Disponível em: Acesso em: 13 de julho de 2018.

Yin, R. (2015). Estudo de Caso – Planejamento e Métodos.5ª Ed. Porto Alegre: Bookman.

Yshii, C. (2015). Flocagem - Jornal O Serigráfico. Disponível em: Acesso em: 17 de julho de 2018.

Zago, M. (2012). Mapa de Produto e Mapa de Processo. Disponível em: Acesso em: 14 de julho de 2018.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.


_________________________________________________________

Licença Creative Commons
This journal is licenced under a Creative Commons LicenseCreative Commons - Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Contact: lean@contato.ufsc.br
Tel: +554837217062

EPS - Departamento de Engenharia de Produção e Sistemas

CTC - Centro Tecnológico

UFSC - Universidade Federal de Santa Catarina

Caixa Postal 476 - Campus Universitário - Trindade