ATIVIDADES PEDAGÓGICAS NÃO PRESENCIAIS: desafios da experiência docente do CA/UFSC durante a pandemia

Ana Carina Baron, Thereza Cristina Bertazzo Viana, Andrea Lapa, Carla Cristiane Loureiro, Marina Guazelli Soligo

Resumo


O artigo apresenta uma reflexão sobre a experiência do Colégio de Aplicação da UFSC na formação de professores para as atividades pedagógicas não presenciais oferecidas em caráter excepcional durante a pandemia de Covid-19. Problematiza os desafios enfrentados pelos professores para a integração de tecnologias da informação e comunicação à educação básica e a proposta formativa oferecida na escola para professores e técnicos administrativos, dos Anos Iniciais ao Ensino Médio. Analisa, a partir da percepção de professores em questionários de avaliação e debates feitos nos respectivos segmentos, os principais entraves encontrados para a educação básica na pandemia e aponta algumas reflexões importantes para o cenário futuro da educação pública no Brasil.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.