PRÁTICAS PEDAGÓGICAS LIGADAS A CONSTRUÇÃO DO PENSAMENTO ESPACIAL NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Andreza Regina dos Santos Marzagão, Marcos Elias Sala, Eliane Ferreira Campos Vieira

Resumo


O presente trabalho traz o relato de uma experiência que teve como objetivo refletir sobre as possibilidades e limitações da construção da noção espacial pelas crianças de quatro e cinco anos no ano letivo de 2019 na EMEI (Escola Municipal de Educação Infantil) Jardim Leblon em Belo Horizonte/MG. Através da proposição de observar as possibilidades de construção de habilidades espaciais com crianças, a experimentação ora proposta consistiu em mobilizar aspectos relacionados ao raciocínio espacial através de atividades em sala de aula para as crianças se apropriarem dos conceitos de lateralidade, representação do espaço e percepção visual. A representação através do desenho compõe o estudo na perspectivada do aluno e da sua compreensão quanto ao pensamento espacial. Uma vez que os alunos se encontram na primeira etapa da Educação, as ações e as atividades foram voltadas para essa fase. A construção de noções espaciais na primeira infância permite que as crianças tenham a compreensão dos espaços que ela se relaciona e vive, dando a ela a oportunidade de utilizar e contribuir futuramente no seu entendimento.


Palavras-chave


Noções espaciais, educação infantil, esquema corporal, desenho.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.