FAZER JOGOS ELETRÔNICOS NA ESCOLA: É POSSÍVEL? UMA EXPERIÊNCIA NO LABRINCA/CA/UFSC

Júlio Ramos Gonçalves, Leila Lira Peters

Resumo


  O propósito desse artigo é avaliar as possibilidades de incluir a construção de jogos eletrônicos no ambiente escolar, e quais ferramentas estão disponíveis, de forma gratuita, para realizar este processo. Resulta de uma pesquisa que pode ser caracterizada como pesquisa ação e teve como procedimentos metodológicos a revisão bibliográfica de artigos científicos sobre o tema e, como maior fonte de informações, as oficinas realizadas em 2017 no Colégio de Aplicação/UFSC, com a temática de construção de jogos eletrônicos. Foi também produzido um jogo eletrônico com o objetivo de apresentar o LABRINCA. A experiência de realização deste trabalho foi bastante didática. Foi possível adquirir conhecimentos de diversas áreas, desde a programação básica necessária para fazer um jogo eletrônico até a evolução das mídias empregadas no ensino em sala de aula.


Palavras-chave


Jogos eletrônicos, construção de games, mídias no ensino, brinquedoteca.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.