QUAIS OS MEIOS PARA GERAR ENERGIA? APRENDIZAGENS SOBRE GERAÇÃO ENERGÉTICA

Lucas Haas, Renata Gomes Camargo, Ana Luiza Nunes, Lara Cavalcantes Floriano

Resumo


Na sociedade atual, a energia elétrica tem uma grande importância para a humanidade. Por exemplo, no meio rural, a eletricidade (usada em máquinas) permite a produção mais rápida e em maior quantidade de alimentos com menos pessoas trabalhando. Isso relaciona-se com o fato que esta sociedade tem mais habitantes que as anteriores, ou seja, mais necessidade de alimentos (IBGE, 2019; GAMA FERREIRA, 2004). Algo que é muito discutido é a geração da energia elétrica. Alguns meios de geração de energia são considerados caros demais ou ineficientes pelo público em geral, como a energia eólica e solar. Outros, este mesmo público pensa que causam impactos ambientais, como as usinas nucleares ou as termoelétricas. Com o objetivo de analisar essas ideias, além de encontrar quais os pontos positivos e negativos de cada meio de gerar energia e, qual meio traz mais benefícios, nós pesquisamos esse tema, os modos de geração de energia. Focamos nas hidrelétricas, que por um lado não liberam poluentes, mas por outro causam outros danos socioambientais ao inundar um grande território para a sua construção. Para encontrar as informações necessárias para concluir essa pesquisa, viajamos para as cidades de Itá/SC, Aratiba/RS e Erechim/RS, região onde foi construída a Usina Hidrelétrica de Itá (UHE-Itá) e entrevistamos alguns habitantes e profissionais da usina, para obter informações de quem foi diretamente  envolvido com os resultados da construção desta hidrelétrica. 


Palavras-chave


Iniciação Científica. Energia. Hidrelétrica.

Texto completo:

PDF

Referências


ALISSON, E. Custos sociais e ambientais de usinas hidrelétricas são

subestimados, aponta estudo. Jornal da Unicamp, Campinas, 7 de novembro

de 2018.

CONSÓRCIO ITÁ. Itá: memória de uma usina. Consórcio Itá, Tractebel, CSN, Itambé. 2000.

DEUTSCHE WELLE BRASIL. História da energia nuclear é marcada por panes fatais. Disponível em: Acesso 25/06/2019.

FERREIRA, R. G. Agricultura familiar e inovações tecnológicas: impactos sobre a ocupação e o êxodo rural nas microrregiões de Patos de Minas e Patrocínio. Disponível em: Acesso em 03/07/2019.

IBGE, 2010. Disponível em: Acesso em 17/03/2019.

INSTITUTO DE ASTRONOMIA, GEOFÍSICA E CIÊNCIAS ATMOSFÉRICAS DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Processos atmosféricos da poluição ambiental. Disponível em: Acesso em 25/06/2019

MAB. Energia para quê e para quem? Disponível em:

Acesso em 27/04/2019.

MAB.Movimento dos Atingidos por Barragens. Disponível em:

Acesso em 27/04/2019.

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE. 7 million premature deaths annually linked to air pollution. Disponível em: Acesso em 25/06/2019.

PONTO SOLAR. A energia solar funciona com o tempo nublado? Disponível em: Acesso em 25/06/2019.

PREFEITURA DE ITÁ. Município de itá: conheça nossa história. Disponível em: . Acesso em 17/03/2019.

REG PLATT. Wind power delivers too much to ignore. Disponível em:

Acesso em 25/06/2019.

REVISTA MEIO AMBIENTE INDUSTRIAL. 10 coisas que precisamos saber sobre a energia eólica. Disponível em: Acesso em 25/06/2019.

ROYAL SOCIETY OF CHEMISTRY. Energy. Disponível em: Acesso 25/06/2019.

SOVACOOL, B.K. Disponível em: The dirt on nuclear power. Disponível em: Acesso em 25/06/2019

UHE-ITÁ, Usina Hidrelétrica Itá. Relatório anual 2013: Licença de operação n°68/99 2° Renovação. Itá-SC, 2003. 198p.

VIANA, R. M. Grandes barragens, impactos e reparações: um estudo de caso sobre a barragem de Itá. Dissertação (Mestrado em Planejamento Urbano e Regional). Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional). Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional, Rio de Janeiro, RJ, 2003.

WORLD ENERGY OUTLOOK. Energy and air pollution. Disponível em: Acesso em 25/06/2019.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.