Edições anteriores

  • Revista de Pesquisa e Prática em Psicologia
    v. 1 n. 4 (2021)

       Dada a condição do semestre pandêmico e remoto, os alunos da disciplina de Prática de Pesquisa Orientada III empenharam-se no desafio de elaborar uma análise sobre um tema psicológico retratado em um material cinematográfico, por meio de categorias de comportamento. Os trabalhos publicados nesta edição percorrem caminhos distintos, mas com pontos de encontro: tecem relação íntima com o tema das relações familiares e questões associadas ao ciclo de vida. Alguns dos temas em questão, como parentalidade, desenvolvimento das relações de apego, apoio familiar frente à sexualidade dos filhos, relacionamentos abusivos, pressões em torno da experiência da maternidade, são algumas das relações analisadas em diferentes fases do ciclo da vida.    Neste sentido, recorre-se à metáfora da árvore ilustrada na capa. A árvore aparece como símbolo do ciclo da vida em diferentes cosmologias. No campo da Psicologia, também é utilizada como representação simbólica do psiquismo humano e das interações relacionais – familiares, por exemplo – entre os sujeitos. Somado a isso, resgata-se essa metáfora ao pensar, como nesta edição, a questão familiar constitui-se como tronco de onde partem diferentes temáticas e ramificam-se subtemas.      Ressalta-se, por fim, como a análise crítica desenvolvida pelos acadêmicos pode ser aprofundada em futuras investigações e servir de inspiração para que outros interessados possam fazer essa relação integrada e dinâmica entre teoria e prática. 
  • REVISTA DE PESQUISA E PRÁTICA EM PSICOLOGIA
    v. 1 n. 3 (2021)

    Um dos desafios que se tem hoje em dia em termos de ensino é encontrar estratégias que sejam eficientes e eficazes no processo de aprendizagem e, principalmente, no ensino emergencial remoto em função da pandemia. Pensando em alternativas, na disciplina de Prática e Pesquisa em Psicologia-III, ministrada aos acadêmicos e acadêmicas do curso de graduação de Psicologia da Universidade Federal de Santa Catarina encontrou-se uma possibilidade que tem funcionado muito bem: análise de filmes ou séries televisivas.  Como a ênfase envolve a observação direta e o registro do comportamento, a opção escolhida se mostrou bastante viável e motivadora. Trabalhar o conteúdo da disciplina por meio de projetos que permitem a escolha e o aprofundamento do tema merece destaque. Sim, tem-se desafios, como a escolha e a definição do tema, dos objetivos e das categorias de comportamento, que precisam ser bem sistematicamente elaborados para, no final do semestre, produzir um artigo científico. O resultado é bastante positivo e, por isso, já estamos chegando ao nosso terceiro número do primeiro volume dessa iniciativa que é um marco importante do processo de ensino-aprendizagem e socialização do conhecimento no Curso de graduação de Psicologia, que é um dos melhores do Brasil.  As reflexões e conclusões apresentadas em cada um dos artigos que compõem esse atual número da Revista de Prática e Pesquisa em Psicologia são a ponto de iceberg que poderão cativar e produzir movimentos no sentido dos leitores aproveitarem a oportunidade para se juntarem conosco nesse fascinante mundo da Psicologia científica. A busca pelo aprimoramento é algo que devem sempre buscar. Ou seja, o produto que se chegou durante o semestre foi esse que se encontra nos artigos aqui publicados. Mas certamente outras questões e reflexões existem e que precisam ser pensadas e tornadas em ações concretas para que contribuam para a consolidação da formação e atuação da Psicologia enquanto ciência e profissão.Esperamos que vocês apreciem a leitura dos artigos e nos ajudem na divulgação e citação desse material que foi produzido pensando na diversidade, pluralidade e respeito pelos direitos de cada um ser o que é. Equipe editorialProf. Mauro Luís Vieira (Editor-Chefe)Prof. Emílio TakaseDoutoranda Tamires Dias dos SantosAcadêmica Sara Ludwig Moraes
  • REVISTA DE PESQUISA E PRÁTICA EM PSICOLOGIA
    v. 1 n. 2 (2021)

    Com imensa satisfação, estamos lançando o segundo número da revista Pesquisa e Prática em Psicologia lançada no início deste ano (2021).Essa experiência de realizar o artigo utilizando filmes ou séries tem sido bastante proveitosa. Além da diversidade de temas, também é possível acompanhar a trajetória dos personagens ao longo do tempo.Os artigos desenvolvidos apontam para a possibilidade de a pesquisa em psicologia dialogar com recursos midiáticos. As construções narrativas da cinematografia, as atitudes e comportamentos expressados pelos personagens fornecem subsídios primorosos para uma análise crítica e reflexiva sobre a psique humana e os elementos que a atravessam.Os enredos transpõem os limites da ficção e comunicam sobre conflitos e desafios que atravessam a formação da constituição subjetiva dos personagens e que de alguma forma tem relação com a realidade que estamos vivendo na contemporaneidade. O projetor ilustrado na capa, sobre uma tonalidade azul que remete à consciência e ao intelecto, ilumina e dá palco ao estudo da psicologia, tal como holofotes que revelam o ator em cena.Merece destaque o empenho dos autores e autoras – acadêmicos(as) que estavam cursando o terceiro semestre do curso de Psicologia da UFSC - em produzir um material de qualidade a partir do empenho e dedicação para escolha do material cinematográfico, o tema psicológico e as categorias de comportamento. Posteriormente foi elaborada a análise crítica do material escolhido.O objetivo não é esgotar todas as possibilidades de análise, mas apresentar reflexões sobre o tema escolhido, que talvez possam ser aprofundadas em futuras investigações e servir de inspiração para que outros interessados possam fazer essa relação integrada e dinâmica entre teoria e prática.Esperamos que vocês apreciem as leituras dos artigos e possam nos acompanhar nesse fantástico mundo da cinematografia por meio do filtro psicológico com seus conceitos e teorias.Equipe editorialProf. Mauro Luís Vieira (Editor-Chefe)Prof. Emílio TakaseDoutoranda Tamires Dias dos SantosAcadêmica Sara Ludwig Moraes
  • REVISTA DE PESQUISA E PRÁTICA EM PSICOLOGIA
    v. 1 n. 1 (2021)

    Apresentação     A preparação de profissionais cada vez mais capacitados a atuar de forma eficiente e eficaz é um desafio constante, principalmente para aqueles que têm a responsabilidade de formar novas gerações de profissionais em instituições de ensino. A discussão acerca da importância de preparação cada vez melhor dos novos profissionais tem singular destaque no contexto das novas diretrizes curriculares definidas para todos os cursos de nível superior no País.     Uma das maneiras de possibilitar o aprendizado de formas de atuação profissional diz respeito à utilização de alguns recursos que possibilitam aproximação gradual e assistida do aluno à situações reais, que constituem alguns dos campos de atuação do psicólogo. O contato com uma situação concreta, com a riqueza de nuances e diversidade de elementos, constitui em uma condição ímpar para o aprendizado de comportamentos profissionais efetivos. Nesse contato, o estudante tem oportunidade de perceber não só os aspectos que são mais facilmente detectáveis, mas e, principalmente, a natureza das relações mais sutis que permeiam as interações humanas que sem o respaldo de um sólido conhecimento e, muitas vezes, de técnicas refinadas de observação e medida, dificilmente seriam possíveis serem percebidas.     A partir desse contexto e, com essas considerações, que a disciplina de Prática e Pesquisa Orientada III do curso de graduação em Psicologia na UFSC tem como  objetivo de proporcionar ao aluno condições de desenvolver habilidades profissionais de coleta de dados em situações potenciais de intervenção do psicólogo e pesquisa, com rigor científico, por meio de observação direta do cotidiano das pessoas.      Em função da pandemia, que modificou o cotidiano habitual, muitas atividades que eram realizadas de forma presencial, passaram a ser executadas por meio de atividades online. No caso da educação, de forma prudente e, atendendo as recomendações dos protocolos científicos para evitar a disseminação da pandemia, as aulas na Universidade Federal de Santa Catarina, assim como em muitas outras instituições de ensino, nos seus diferentes níveis, passaram a ser realizadas de forma remota (online).  No caso específico da  disciplina de Prática e Pesquisa Orientada III do curso de graduação em Psicologia na UFSC, atividades de observação foram realizadas a partir de filmes, documentários e séries televisivas.     No sentido de divulgar os excelentes trabalhos produzidos pelos discentes da disciplina do curso de graduação em Psicologia da Universidade Federal de Santa Catarina intitulada: Prática e Pesquisa Orientada III, é com grande satisfação que estamos lançando a Revista Pesquisa e Prática em Psicologia. Essa iniciativa já havia sido pensada durantes anos atrás e, por várias circunstâncias e motivos, ficava apenas no mundo das ideias. Mas agora, com persistência e determinação dos professores Mauro Vieira e Emílio Takase, além da inestimável colaboração da monitora Bárbara Lenzi Garcia e da estagiária de docência Tamires dos Santos, esse projeto finalmente está se materializando.      A Revista Pesquisa e Prática em Psicologia tem como objetivo ser um veículo de divulgação/difusão científica de pesquisa e ensino de Psicologia servindo de canal de comunicação entre os autores dos artigos e os leitores que querem conhecer um pouco mais sobre os fenômenos psicológicos investigados e analisados por meio da observação.     Esperamos que apreciem os artigos que trazem análises reflexivas e críticas sobre diferentes temas na área da Psicologia a partir do enfoque observacional. Atenciosamente, Prof. Dr. Mauro Luís VieiraProf. Dr. Emílio TakaseEDITORES RESPONSÁVEIS