As Bases Teológico-Experimentais do Espaço Absoluto de Newton

Marcus Vinícius Russo Loures

Resumo


O artigo em questão tem como objetivo apresentar os elementos que conduziram Isaac Newton (1643-1727) a postular e a justificar empiricamente a existência do espaço absoluto, motivado, em parte, por suas crenças teológicas. A partir da análise dos fundamentos da mecânica, expostos no Principia, e alicerçados na crença de uma ação direta de Deus sobre sua criação, Newton exporá sua possível “prova” da existência do espaço absoluto. O presente artigo é parte integrante do estudo que é objeto da dissertação “As bases da crítica de Mach ao absoluto newtoniano”, em que se busca a compreensão do teor das críticas que Ernst Mach (1838-1916) faz ao recurso newtoniano aos absolutos, principalmente os usados na fundamentação das ideias de espaço e tempo.

Palavras-chave


Isaac Newton. Espaço Absoluto. Experimento do Balde. Teologia Natural. Método Experimental.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Marcus Vinícius Russo Loures

URL da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc/3.0/deed.pt

PERI - Revista de Filosofia
ISSN 2175-1811, Florianópolis,
Santa Catarina, Brasil
e-mail: revistaperi@contato.ufsc.br