Reduction of Waste in the Laundry Service: Contributions of Lean Healthcare in a Brazilian Hospital

Ricardo de Carvalho Turati, Tainara Oliveira

Abstract


The improvement of work processes in the health area is considered one of the main concerns of health institutions. Considering this reality, a variety of practices for improving processes are used to solve inefficiencies in health services. A production strategy that has gained prominence in healthcare processes has been reported as Lean healthcare. For the application of the lean healthcare strategy, the case study in a laundry service in a Brazilian hospital was used as a research method. The diagnosis of the laundry production process indicated opportunities for improvement in the internal routing of layettes, and it continues, in the organization of clean clothes in stock. The proposals generated showed a decrease in the randomness of production flows, which indicated the possibility of eliminating approximately 7 hours of unnecessary transportation per month and a reduction of 20 kilometers in the displacement of products and people inside the laundry, also per month. As for the systematization of the stock of finished products, the proposal presented a structuring in the form of a supermarket for finished products, indicating a more optimized way of forming the transfer batches and reducing the time for the dispatch of layettes to inpatient units.

Keywords


Lean healthcare; lavanderia hospitalar; melhoria de processos.

References


Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) (2007) Processamento de roupas de serviços de saúde: Prevenção e controle de riscos. Brasília:

ANVISA, 2007. 120 f. (Série Normas e Manuais Técnicos).

Albertin, M. R.; Pontes, H. L. J. (2016). Gestão de processos e técnicas de produção enxuta. 1 ed. Curitiba: InterSaberes,

Antunes, J. (2008). Sistemas de Produção: Conceitos e práticas para projeto de gestão da produção enxuta. Porto Alegre: Bookman,

Araújo, C. A. S. (2005). Fatores a serem gerenciados para o alcance da qualidade para os clientes internos: Um estudo em um conjunto de hospitais brasileiros. Tese de Doutorado em Administração. Rio de Janeiro: UFRJ/COPPEAD,

Baker, M.; Taylor, I. (2009). Making Hospitals Work. Herefordshire. England Enterprise Academy Ltd.

Barnes, R. M. (1977). Estudos de Movimentos e Tempos. São Paulo: Blucher.

Batalha, M. O. (2008). Introdução à Engenharia de Produção. 4 ed. Rio de Janeiro: Elsevier.

Buzzi, D.; Plytiuk, C. F. (2011). Pensamento enxuto e sistemas de saúde: Um estudo da aplicabilidade de conceitos e ferramentas lean em contexto hospitalar. Revista Qualidade Emergente, Curitiba, v. 2, n. 2, p. 18-38.

Carvalho, A. P.; Steiner, M. T. A. (2012). A Filosofia Lean voltada aos processos Logísticos: Um estudo de caso na previsão de demanda de peças de reposição em uma indústria automotiva. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção e Sistema) - Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Curitiba. 126p.

Corrêa, H. L.; Corrêa, C. A. (2012). Administração de produção e operações: Manufatura e serviços, uma abordagem estratégica. 3 ed. São Paula: Atlas.

Costa, L. B. M. (2015). Evidências de Lean Healthcare em hospitais brasileiros. 141p. Dissertação (Mestrado em Ciências Exatas e da Terra) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos.

Cudney, E. A. (2009). Using Hoshin Kanri to Improve the Value Stream. New York: Productivity.

Dias, C. Estudo de Caso: Ideias importantes e referências. (2000). Disponível em: . Acesso em: 20 de março de 2019.

Dickson, E. W.; Anguelov, Z.; Vetterick, D.; Eller, A.; Singh, S. (2009). Use of Lean in the Emergency Department: A Case Series of 4 Hospitals. Annals of Emergency Medicine, v. 54, n. 4, p. 504-510.

Ernest; Young. (1997). Metodologia PER para implantação SAP. Manual da empresa Ernest & Young.

Fillingham, D. (2007). "O lean pode salvar vidas?”. Leadership in Health Services, v. 20, n. 4, p. 231-241.

Gil, A. C. (2016). Como elaborar projetos de pesquisa. 5 ed. São Paulo: Atlas. 183p.

Graban, M. (2013). Hospitais Lean: Melhorando a qualidade, a segurança dos pacientes e o envolvimento dos funcionários. Porto Alegre: Bookman.

Guo, L.; Hariharan, S. (2012). Patients are not cars and staff are not robots: Impact of differences between manufacturing and clinical operations on process improvement. Knowledge and Process Management, v. 19, n. 2, p. 53-68.

Johansson, H. J. (1995). Processos de negócios. São Paulo: Pioneira.

Justa, M. A. O. ; Barreiros, N. R. (2009). Técnicas de Gestão do Sistema Toyota de Produção. Revista Gestão Industrial, Ponta Grossa-PR, v. 5, n. 1, p. 01 - 17,.

Kim, C. S., Spahlinger, D. A., Kin, J. M., BilliI, J. E. (2006). Lean Healthcare: What can hospitals learn from a world-class automaker. Journal of Hospital Medicine, v. 1, n. 3, p. 191 – 199.

Koche, J. C. (1997). Fundamentos de metodologia científica: Teoria da ciência e prática da pesquisa. 15 ed. Petrópolis, RJ: Vozes,

Leal, F. (2003). Um diagnóstico do processo de atendimento a clientes em uma agencia bancária através de mapeamento do processo e simulação computacional. Dissertação de Mestrado - Programa de Pós Graduação em Engenharia de Produção, Universidade Federal de Itajubá, MG.

Liker, J. K. (2005). O Modelo Toyota: 14 princípios de gestão do maior fabricante de automóveis do mundo. Tradução Lene Belon Ribeiro. Porto Alegre: Bookman.

Gerhardt, T. E.; Silveira, D. T. Métodos de pesquisa. (2009). Coordenado pela Universidade Aberta do Brasil - UAB/UFRGS e pelo Curso de Graduação Tecnológica - Planejamento e Gestão para o Desenvolvimento Rural da SEAD/UFRGS. Porto Alegre: Editora da UFRGS.

Miguel, P. A. C.; Fleury, A.; Mello, C. H. P. (2012). Metodologia de pesquisa em engenharia de produção e gestão de operações. 2 ed. Rio de Janeiro: Elsevier: ABEPRO.

Ministério da Saúde. (1986). Manual de lavanderia hospitalar. Brasília: Ministério da Saúde.

Müller, M. E. (2015). Diagnóstico de uma lavanderia hospitalar sob a ótica do lean healthcare. Trabalho de Conclusão de Curso - Departamento de Ciências Exatas e Engenharia - Universidade Regional do Noroeste do Estado do Grande Do Sul (UNIJUÍ),.

Ohno, T. (1997). O Sistema Toyota de Produção: Além da produção em larga escala. Tradução Cristina Schumacher. Porto Alegre: Bookman.

Paço, T.R. Avaliação do uso de simulação como ferramenta complementar no desenvolvimento do mapeamento do fluxo de valor futuro. (2006). 126 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) - Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos.

Poksinska, B. (2010). The current state of Lean implementation in health care: literature review. Quality Management in Health Care, v. 19, n. 04, p. 319-329,

Rother, M.; Shook, J. (2003). Aprendendo a enxergar. São Paulo: Lean Institute Brasil.

Shingo, S. (1996). O sistema Toyota de Produção: Do ponto de vista da engenharia de produção. Tradução Eduardo Schaan. 2 ed. Porto Alegre: Artes Médicas.

Silva, A.L. Desenvolvimento de um modelo de análise e projeto de layout industrial orientado para a Produção Enxuta. (2009). 243f. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) - Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo, São Carlos.

Simões, F. (2009). Lean Healthcare - O conceito Lean aplicado à realidade dos serviços de saúde. 95p. Dissertação (Mestre em Gestão da Tecnologia, Inovação e Conhecimento) - Universidade de Aveiro.

Slack, N., Chambers, S., Johnson, R. (2009). Administração da Produção. 3 ed. São Paulo: Atlas.

Trilling, L.; Pellet, B.; Delacroix, S.; Marcon, E. (2010). Improving care efficiency in a radiotherapy center using Lean philosophy. IEEE Workshop on Health Care Management, Venice, Italy.

Womack, J.P.; Jones, D. T. (2004). A mentalidade enxuta nas empresas: Elimine o desperdício e crie riquezas. 8 ed. Rio de Janeiro: Campus.

Yin, R. K. (2001). Estudo de caso: Planejamento e métodos. 2 ed. Porto Alegre: Bookman.

Zanchet, T.; Saurin, T. A.; Missel, E. C. (2007). Aplicação do mapeamento de fluxo de valor em um centro de material e esterilização de um complexo hospitalar. Anais do VII SEPROSUL, Semana de Engenharia de Produção Sul-Americana. Udelar, Uruguai.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.


_________________________________________________________

Licença Creative Commons
This journal is licenced under a Creative Commons LicenseCreative Commons - Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Contact: lean@contato.ufsc.br
Tel: +554837217062

EPS - Departamento de Engenharia de Produção e Sistemas

CTC - Centro Tecnológico

UFSC - Universidade Federal de Santa Catarina

Caixa Postal 476 - Campus Universitário - Trindade