Bibliometric analysis on the lean production applied to agribusiness in congresses of Production Engineering

Pedro Henrique Perozini, Eduardo Guilherme Satolo, Roberta Soares Ferreira, Gustavo Antiqueira Goes

Abstract


The present study aims to evaluate the studies of the system Lean Production applied to agribusiness in the main center of Production Engineering (SIMPEP, Congresso Lean, SIMPOI, ENEGEP and ICIEOM), in order to classify them by means of parameters such as: country of origin, establishment of bond of authors, year of publication and keywords. To ensure that such requirements were reached, it was used in the bibliometrics as technique, since the research is characterized as quantitative. For the results, we found 296 publications that deal with the lean production, of which only 10 are applied to agribusiness, being that the sugarcane corn is what has most prominently. These results show that the scarcity of studies relating to the application of the system Lean Production in agribusiness. There is that there is a wide range of studies for the subject Lean to be developed in the agribusiness sector. Such studies but may lack on the part of researchers from the adaptation of these concepts already consolidated, to meet a sector that has specific characteristics and needs of new management tools for the continuity of its competitiveness in a globalized market.


Keywords


Lean Manufacturing, Techniques and tool, Social network analyses, Bibliometric review, Agroindustrial system

References


Al-Najem, M; Dhakal, & H; Bennelt, N (2012). The role of culture and leadership in lean transformation: a review and assessment model. In: International Journal of Lean Thinking, 3(1): 119-138.

Alvarenga, R.M, & Messias, B.S (2013). Otimização do Processo de MRP (Material Requirement Planning) de Embalagens: uma aplicação da Metodologia Lean Six Sigma em uma indústria de agronegócios. Disponível https://repositorio.unesp.br/handle/11449/118007. Acesso em: Julho de 2017.

Andrade, M. M. (2006). Técnicas para elaboração dos trabalhos de graduação. In: Introdução à metodologia do trabalho científico (pp. 25-38). São Paulo: Atlas, p. 7ª Ed.

Barabási, A-L (2016). Scale-Free Networks: a decade and beyond. Science, 35(5939):412-413. Disponível em http://science.sciencemag.org/content/325/5939/412. Acesso em: Julho 2017.

Barnard, F. L., Akridge, J. T., Dooley, F. J., Foltz, J. C., & Yeager, E. A. (2016). Agribusiness management. Routledge, United Kingdom.

Batalha, M. O., & Silva, A. L. (2008). Gerenciamento de sistemas agroindustriais: definições, especificidades e correntes metodológicas. In: Batalha, M. O. Gestão agroindustrial. São Paulo, Atlas, 1: 1-62.

Bhamu, J., & Sangwan, K. S. (2014). Lean manufacturing: literature review and research issues. International Journal of Operations & Production Management, 34(7): 876-940.

Buainain, A.M., Alves, E., Silveira, J.M., & Zande, R, N. (2014). O mundo rural no Brasil do século 21: a formação de um novo padrão agrário e Agrícola. Brasília, DF : Embrapa.

Carvalho, J.D.A, & Cruz, M.P. Implementação de ferramentas Lean Manufacturing no processo de injeção de plásticos. Disponível em: http://repositorium.sdum.uminho.pt/bitstream/1822/26677/1/Dissertacao_MIEGI_Nuno%20Cruz_2013.pdf. Acesso em: Julho de 2015

Castro, A, & Lazzari, J.B (2005). Manual de direito previdenciário. São Paulo: LTR, 6ª Ed.

CEPEA. Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (2005). http://www.cepea.esalq.usp.br/hfbrasil/edicoes/103/mat_capa.pdf. Acesso em: 26 ago. 2015.

Chaves, C.A, & Bastos, B.C (2005). Aplicações do Lean Manufacturing em uma Linha de Produção em uma Empresa do Setor Automotivo. Disponível em: http://www.bdtd.unitau.br/tedesimplificado/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=569. Acesso em: Julho de 2015.

Collins, J., & Hussey, R (2005). Pesquisa em Administração. Porto Alegre: Bookman.

Conforto, E. C., Amaral. D.C., & Silva, S.L (2011). Roteiro para revisão bibliográfica sistemática: aplicação no desenvolvimento de produtos e gerenciamento de projetos. In: Congresso Brasileiro de Gestão de Desenvolvimento de Produtos. Porto Alegre, 1-12.

Cook, D.J., Mulrow, C.D., & Haynes, R.R (1997). Systematic reviews: synthesis of best evidence for clinical decisions. Annals of Internal Medicine, 126(5): 376-380.

Cooper, H (1998). Synthesizing Research. Thousand Oaks: Sage.

Cribb, A. Y (2015). Determinantes da transferência de tecnologia na agroindústria brasileira de alimentos: identificação e caracterização. Journal of Technology Management & Innovation, 4(3): 89-100. Disponível: http://www.scielo.cl/pdf/jotmi/v4n3/art08.pdf. Acesso em: Maio de 2015.

Espejo, M. M. S. B., Azavedo, S. U., Trombelli, R. O., & Voese, S. B. (2013). O mercado acadêmico contábil brasileiro: uma análise do cenário a partir das práticas de publicação e avaliação por pares. Revista Universo Contábil, 9(4): 06-28.

FAO (2005). Food and Agriculture Organization: Perspectivas Agrícolas 2015-2024. Disponível em: https://www.fao.org.br/download/PA20142015CB.pdf . Acesso em: Agosto de 2015.

FAOSTAT. Food and Agriculture Organization Statistic Division (2015). http://faostat3.fao.org/browse/T/*/E. Acesso em: Julho de 2015.

Feld, W. M. (2001). Lean Manufacturing: tools, techniques, and how to use them. CRC Press.

Fujimoto, T, & Shimokawa, K (2011). O Nascimento do Lean. São Paulo: Bookman.

Gonçalves, J.M.S, Santos, L.C, & Gohr, C.F (2013). Uma análise das publicações sobre produção enxuta nos principais periódicos nacionais de Engenharia de Produção. Produção em Foco, 3(2): 252-277. Disponível em: http://www.sociesc.org.br/producaoemfoco/index.php/producaoemfoco/article/view/123. Acesso em: Maio de 2015.

Gregolin, J. R (2005). Análise da produção cientifica a partir de indicadores bibliométricos. In: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Indicadores de ciência, tecnologia e inovação em São Paulo 2004. São Paulo: FAPESP.

Gunderson, M.A., Boehlje, M.D., Neves, M.F., & Sonka, S.T. (2014). Agribusiness organization and management, in Alfen, N.K.V., Encyclopedia of agriculture and food systems. London: Academic Press, p. 51-70.

Jasti, N. V. K., & Kodali, R. (2014). A literature review of empirical research methodology in lean manufacturing. International Journal of Operations & Production Management, 34(8): 1080-1122.

Karim, A., & Uz-zaman, A (2013). A methodology for effective implementation of lean strategies and its performance evaluation in manufacturing organizations. Business Process Management Journal, 19(1): 169-196.

Leite Filho, G.A. (2008). Padrões de produtividade de autores em periódicos e congressos na área de contabilidade no Brasil: um estudo bibliométrico. Revista de Administração Contemporânea, 12(2): 533-554.

Lucato, W. C., Calarge, F. A., Loureiro Junior, M., & Calado, R.D (2014). Performance evaluation of lean manufacturing implementation in Brazil. International Journal of Productivity and Performance Management, 63(5): 529–549.

Miguel, V. C., & Fettermann, D. C. Utilização do DMAIC Como Ferramenta para a Redução de Perdas: Uma Aplicação no Processamento de Cacau. Journal of Lean Systems, 2(1): 52-67. Disponível em: < http://leansystem.ufsc.br/index.php/lean/article/view/1286>. Acessado em julho de 2017.

Pacheco, D.A.J (2014). Teoria das Restrições, Lean Manufacturing e Seis Sigma: limites e possibilidades de integração, 24(4): 940-956. Disponível em: http://www.prod.org.br/files/v24n4/v24n4a17.pdf. Acesso em: Junho de 2015.

Marodin, G. A., & Saurin, T. A. (2013). Implementing lean production systems: research areas and opportunities for future studies. International Journal of Production Research, 51(22): 6663-6680.

Pettersen, J (2009). Defining lean production: some conceptual and practical issues. The TQM Journal, 21(2): 127-142. https://doi.org/10.1108/17542730910938137 .

Portal Brasil (2014). Agronegócio impulsiona volume de exportações brasileiras. Disponível em: http://www.brasil.gov.br/economia-e-emprego/2012/07/agronegocio-impulsiona-volume-de-exportacoes-brasileiras. Acesso em: maio de 2015.

Portal Brasil (2015). Agronegócio exportou US$ 5,64 bilhões em janeiro de 2015. Disponível em: http://www.brasil.gov.br/economia-e-emprego/2015/02/agronegocio-exportou-us-5-64-bilhoes-em-janeiro. Acesso em: maio de 2015.

Powell, D (2013). ERP Systems in Lean Production: New Insights from a Review of Lean and ERP Literature, 33(11/12): 1490-1510. Disponível em: http://www.emeraldinsight.com/doi/pdfplus/10.1108/IJOPM-07-2010-0195. Acesso em: Maio de 2015.

Putri, N. T., & Yusof, S. M (2009). Critical success factors for implementing quality engineering tools and techniques in malaysian's and indonesian's automotive industries: An Exploratory Study. In: International Multiconference of engineers and Computer Scientists, 2. Hong Kong. Proceedings.

Rousseau, R (2014). Library science: forgotten founder of bibliometrics. Nature, 510(218). https://doi.org/10.1038/510218e.

Satolo, V. P. X. (2016) A interdisciplinaridade em dois programas de pós-graduação em agronegócios. Dissertação (Mestrado em Agronegócio e Desenvolvimento). Universidade Estadual Paulista, Campus de Tupã.

Saurin, T.A, Ribeiro, J.L.D, & Marodin, G.A (2010). Identificação de oportunidades de pesquisa a partir de um levantamento da implantação da produção enxuta em empresas do Brasil e do exterior. Gestão e Produção, São Carlos, 17(4): 829-841.

Savić, B., Vasiljević, A., & Đorđević, D (2014). Strategic cost management as instrument for improving competitiveness of agribusiness complex. Economics of Agriculture, 61(4): 1005-1020.

Schmitz, T., Dos Santos, V., Beuren, I. M., & De Faveri, D. B. (2015). Conversão dos trabalhos da área contábil apresentados em congressos para publicações em periódicos. Revista Universo Contábil, 11(2): 128-152.

Silva, A. C, Lima, E.P.C, & Batista, H.R (2011). A importância da soja para o agronegócio brasileiro: uma análise sob o enfoque da produção, emprego e exportação. In: V Encontro de Economia Catarinense. V Encontro de Economia Catarinense. Disponível em: http://www.apec.unesc.net/V_EEC/sessoes_tematicas/Economia%20rural%20e%20agricult ura%20familiar/A%20IMPORT%C3%82NCIA%20DA%20SOJA%20PARA%20O%20AGR ONEG%C3%93CIO%20BRASILEIRO.pdf˃. Acesso em: Julho de 2015.

Wisner A. (1994). A inteligência do trabalho: textos selecionados em ergonomia. Fundacentro, São Paulo.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.


_________________________________________________________

Licença Creative Commons
This journal is licenced under a Creative Commons LicenseCreative Commons - Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Contact: lean@contato.ufsc.br
Tel: +554837217062

EPS - Departamento de Engenharia de Produção e Sistemas

CTC - Centro Tecnológico

UFSC - Universidade Federal de Santa Catarina

Caixa Postal 476 - Campus Universitário - Trindade