A tradição da renda de bilro e sua continuação para futuras gerações na Ponta do Sambaqui dificuldades e inciativas.

Jéssica Lícia da Assumpção

Resumo


Este artigo faz um panorama da tradição da renda de bilro vinda dos açores para Florianópolis no século XVIII, um legado de valor simbólico que perpassa as gerações, mas que atualmente se depara com dificuldades em sua transmissão para as novas gerações pela falta de interesse das mesmas em aprender ou de exercer a função em seu novo contexto econômico. Mas apesar de todas as dificuldades encontradas na transmissão de conhecimento, existem algumas iniciativas tomadas pelas rendeiras de Florianópolis, em especial na Ponta do Sambaqui e região, junto de órgão públicos e privados, que através de projetos contribuem para preservação da tradição cultural açoriana.


Palavras-chave


Tradição da renda de bilro; cultura açoriana; Ponta do Sambaqui; Florianópolis.

Texto completo:

PDF


Revista Santa Catarina em História - Florianópolis - UFSC - Brasil ISSN 1984-3968