A Política da Boa Vizinhança sob o olhar de um catarinense: Oswaldo Rodrigues Cabral na Terra da Liberdade

Bruno Geiss Lemos

Resumo


Nos anos que antecedem a Segunda Guerra Mundial e durante o conflito, os Estados Unidos da América empreenderam uma nova forma de se relacionar com os países ao sul do Rio Grande. A iniciativa foi chamada de Política de Boa Vizinhança e teve a característica de ser um movimento de grande difusão cultural do modo de vida norte-americano para os países da América Latina. Contudo, a direção da penetração cultural não foi somente do norte para o sul. Uma grande quantidade de intelectuais, artistas e fragmentos culturais brasileiros foram aos EUA. Este artigo pretende analisar a viagem de um desses intelectuais, o catarinense Oswaldo Rodrigues Cabral, que teve seu relato publicado no livro “Terra da Liberdade: impressões da América” e compreender a Política de Boa Vizinhança por sua perspectiva.


Palavras-chave


Relações Brasil-EUA; Estado Novo; História e Literatura

Texto completo:

PDF


Revista Santa Catarina em História - Florianópolis - UFSC - Brasil ISSN 1984-3968