(Re)significado da morte nos cemitérios parques: o Cemitério Parque Jardim do Éden

Elisandra Forneck, Aline Maisa Lubenow

Resumo


Este estudo tem como finalidade analisar o cemitério Jardim Parque do Éden, localizado no munícipio de Chapecó-SC. Buscamos problematizar algumas questões pertinentes ao tema como sepulturas, imagens, organização do espaço do cemitério e refletir sobre o contexto da morte na atualidade. Partindo de uma análise da morte na Idade Média e dos cemitérios “tradicionais”, buscamos conjeturar sobre a imagem que as pessoas fazem dos cemitérios e da morte e dialogar com a experiência que tivemos ao visitar o Jardim Parque do Éden, conversando com diversos autores que possuem algumas de suas pesquisas voltadas a problemática como Ariès, Elias e Foucault.

Palavras-chave


cemitério-parque, morte, Parque Jardim do Éden, sepultura

Texto completo:

PDF


Revista Santa Catarina em História - Florianópolis - UFSC - Brasil ISSN 1984-3968