Entre Deutschtum e brasilidades: as utilizações políticas das construções identitárias e nacionalistas

Gabriel Goulart Barboza, Mariáh Leticia Goss, Matheus Lehnen

Resumo


O presente artigo tem como proposta fazer uma análise de notícias, relacionadas à vinda de alemães para o estado de Santa Catarina, contidas em periódicos do século XIX e XX que circulavam no estado. O objetivo é evidenciar como, ao longo dos anos, os discursos que se formaram acerca dos estrangeiros e seus descendentes, receberam diversas entonações, sejam elas positivas ou negativas, de acordo com determinado uso da memória, das relações de poder e do grupo dominante. Dessa maneira pretendemos demonstrar como a necessidade de uma nova mão de obra com o término da escravidão e as primeiras campanhas de nacionalização afetaram e repercutiram nos discursos produzidos pelos periódicos analisados.

Palavras-chave


Imigração alemã – Discursos - Identidade - Memória – Nacionalismo.

Texto completo:

PDF


Revista Santa Catarina em História - Florianópolis - UFSC - Brasil ISSN 1984-3968