Alguns conceitos fundamentais da teoria aristotélica da significação a partir de Sobre a interpretação, capítulo 1

Nazareno Eduardo de Almeida

Resumo


Resumo

Procuro neste artigo discutir alguns conceitos fundamentais da teoria aristotélica da significação que aparecem no capítulo 1 do tratado Sobre a interpretação. Nesta discussão, apresento um modelo de interpretação alternativo àquele que pode ser chamado modelo tradicional, originado especialmente através dos comentários ao tratado feitos por Amônio e Boécio. Para corroborar esta proposta alternativa, exponho sumariamente modos distintos de compreensão dos termos gregos 'symbolon', 'pathêmata tês psychês', 'homoiômata', 'noêmata' e 'pragmata', bem como da correlação entre eles tal como se apresenta no mencionado capítulo.

Abstract

In this article I intend to discuss some fundamental concepts of the Aristotelian theory of signification which appear in chapter 1 of the treatise On interpretatation. In such discussion, I present an alternative model of interpretation in face of those which can be named traditional model, specially originated through the commentaries on the treatise made by Ammonius and Boethius. In order to corroborate this alternative proposal, I propound briefly distinct modes of comprehension of the Greek terms 'symbolon', 'pathêmata tês psychês', 'homoiômata', 'noêmata', and 'pragmata', as well as of the correlation between them such as it is presented in the mentioned chapter.


Palavras-chave


Aristóteles; significação; Sobre a interpretação

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Nazareno Eduardo de Almeida

URL da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc/3.0/deed.pt

PERI - Revista de Filosofia
ISSN 2175-1811, Florianópolis,
Santa Catarina, Brasil
e-mail: revistaperi@contato.ufsc.br