1978: Foucault e a Insurreição Iraniana

Leon Farhi Neto

Resumo


Em 1978, o filósofo Michel Foucault tem um envolvimento em nada superficial com a Insurreição Iraniana. Seu entusiasmo com o levante foi fortemente criticado por intelectuais de diversas tendências políticas, que o interpretaram como apoio à hierocracia fundamentalista do aiatolá Khomeini. Este artigo explora essa situação, e procura delinear os principais traços caracteríscos do pensamento de Foucault que determinaram a forma desse envolvimento.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Leon Farhi Neto

URL da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc/3.0/deed.pt

PERI - Revista de Filosofia
ISSN 2175-1811, Florianópolis,
Santa Catarina, Brasil
e-mail: revistaperi@contato.ufsc.br