A Vontade de Vida Schopenhaueriana como a Essência Humana: Um Golpe à Presunção Racional

Camila Koerich Espíndola

Resumo


O presente artigo tem o objetivo de mostrar que a Vontade de vida, apresentada por Arthur Schopenhauer como a essência íntima tanto dos seres humanos quanto da natureza em geral, pode ter o efeito de igualar a humanidade aos demais seres vivos, abalando a presunção humana fundamentada na capacidade racional.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Camila Koerich Espíndola

URL da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc/3.0/deed.pt

PERI - Revista de Filosofia
ISSN 2175-1811, Florianópolis,
Santa Catarina, Brasil
e-mail: revistaperi@contato.ufsc.br