Sonho de fogo: a cosmologia onírica de Davi Kopenawa

Autores

  • Marco Antonio Valentim

Resumo

Resumo: O ensaio esboça uma leitura de A queda do céu em vista do problema da relação entre pensamento humano e ambiente cósmico. De acordo com a cosmologia xamânica de Davi Kopenawa, o sonho é fator de vinculação entre espírito e cosmos. Interpretando suas “palavras dadas”, considera-se, em primeiro lugar, a relação entre sonho e espírito; e, em segundo lugar, entre sonho e fogo. Como conclusão, propõe-se que o sonho consiste na agência cósmica do pensamento.Palavras-chave: Xamanismo, Cosmologia, Sonho, Espírito, Fogo

Referências

A ÚLTIMA FLORESTA. 2021. Direção de Luiz Bolognesi. Roteiro de Davi Kopenawa. Brasil: Gullane/Buriti/Hutukara Associação Yanomami/Instituto Socioambiental, 96 min.

BATESON, Gregory. 2000. “Pathologies of Epistemology”. In: G. Bateson. Steps to an Ecology of Mind. Chicago: The University of Chicago Press, pp. 486-495.

BISPO DOS SANTOS, Antônio. 2021. “Fazer um retorno: contribuição ao caminho de pesquisa”. In: A. de Oliveira Santos (org.). Saberes plurais e epistemologias aterradas: caminhos de pesquisa na psicologia e nas ciências humanas. Niterói: Eduff, pp. 37-43. Disponível em: http://www.eduff.uff.br/index.php/catalogo/livros/971-saberes-plurais-e-epistemologias-aterradas. Acesso em: 19/06/2021.

FREUD, Sigmund. 2012. Obras completas, volume 11: Totem e tabu, Contribuição à história do movimento psicanalítico e outros textos (1912-1914). Tradução de Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras.

GEORGESCU-ROEGEN, Nicholas. 2012. O decrescimento: entropia, ecologia, economia. Organização de Jacques Grinevald e Ivo Rens. Tradução de Maria José Perillo Isaac. São Paulo: Senac.

GODDARD, Jean-Christophe. 2017. Idiotia branca e cosmocídio: uma leitura de A queda do céu, de Davi Kopenawa e Bruce Albert. R@U 9(2): 29-38. Disponível em: https://www.rau2.ufscar.br/index.php/rau/article/view/216. Acesso em: 19/06/2021.

KOPENAWA, Davi & ALBERT, Bruce. 2015. A queda do céu: palavras de um xamã yanomami. Tradução de Beatriz Perrone-Moisés. São Paulo: Companhia das Letras.

KRENAK, Ailton. 2019a. Ideias para a adiar o fim do mundo. São Paulo: Companhia das Letras.

_______. 2019b. “Entrevista”. In: ENTRE. 8 Reações para o depois/8 Reactions for Afterwards. Coordenação de Ana Altberg, Mariana Meneguetti e Gabriel Kozloswski. Rio de Janeiro: Riobooks, pp. 21-51. Disponível em: http://www.entre-entre.com/Entrevistas/Index?EntrevistaId=44. Acesso em: 19/06/2021.

LEITE, Tainah Victor Silva. 2013. Imagens da humanidade: metamorfose e moralidade na mitologia Yanomami. Mana 19(1): 69-97. Disponível em: https://www.scielo.br/j/mana/a/3msbkC5LmVw3rhqJwPwXHrD/?lang=pt. Acesso em: 19/06/2021.

LIMULJA, Hanna. 2019. O desejo dos outros: uma etnografia dos sonhos yanomami (Pya ú – Toototopi). Tese de doutorado. Florianópolis: Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social/UFSC. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/206414. Acesso em: 19/06/2021.

MASSUMI, Brian. 2019. “Imediação ilimitada”. Tradução de Sebastian Wiedemann e Susana Dias. In: S. O. Dias, S. Wiedemann & A. C. R. Amorim (orgs.). Conexões deleuze e cosmopolíticas e ecologias radicais e nova terra e…. Campinas: ALB/ClimaCom, pp. 25-64. Disponível em: http://climacom.mudancasclimaticas.net.br/wp-content/uploads/2019/10/19_02_livro_conexoes_final.pdf. Acesso em: 19/06/2021.

NODARI, Alexandre. 2013. O extra-terrestre e o extra-humano: notas sobre a “revolta kósmica da criatura contra o criador”. Landa 1(2): 251-272. Disponível em: https://revistalanda.ufsc.br/vol-1-no-2-2013-2/. Acesso em: 19/06/2021.

PRIGOGINE, Ilya & STENGERS, Isabelle. 1984. A nova aliança: metamorfoses da ciência. Tradução de Miguel Faria e Maria Joaquina Machado Trincheira. Brasília: Editora UnB.

ROMANDINI, Fabián Ludueña. 2015. Do espectro da metafísica à metafísica do espectro. Species 1: 7-20. Disponível em: https://speciesnae.files.wordpress.com/2015/11/species1.pdf. Acesso em: 19/06/2021.

SERRES, Michel. 1990. Hermes: uma filosofia das ciências. Organização de Roberto Machado e Sophie Poirot-Delpech. Tradução de Andréa Daher. Rio de Janeiro: Graal.

TADDEI, Renzo. 2017. Meteorologistas e profetas da chuva: conhecimentos, práticas e políticas da atmosfera. São Paulo: Terceiro Nome.

VIVEIROS DE CASTRO, Eduardo. 2006. A floresta de cristal: notas sobre a ontologia dos espíritos amazônicos. Cadernos de Campo 14/15: 319-338. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/cadernosdecampo/article/view/50120. Acesso em: 19/06/2021.

_______. 2015a. “O recado da mata”. In: D. Kopenawa & B. Albert. A queda do céu: palavras de um xamã yanomami. Tradução de Beatriz Perrone-Moisés. São Paulo: Companhia das Letras, pp. 11-41.

_______. 2015b. Metafísicas canibais: elementos para uma antropologia pós-estrutural. São Paulo: Cosac Naify.

Downloads

Publicado

2022-01-19