A problemática da análise econômica de Posner a partir da sociologia compreensiva de Weber

Biatriz Bittencourt de Assis, Itamar Luís Gelain, Ivan Rezende de Oliveira

Resumo


O objetivo deste artigo é apresentar uma das influências do fenômeno da racionalidade em Weber, identificada na análise econômica que, por sua vez, converge para o espectro da sua teoria da ação social. O propósito é problematizar o que poderia ser uma autonomização do cálculo econômico que busca sustentar suas bases teóricas na sociologia weberiana. Nesse sentido, iremos abordar a ideia de racionalidade na sociologia de Weber enquanto inspiração da análise econômica, para então adentrar sucintamente na teoria weberiana da ação social enquanto instrutiva das ações racionais coordenadas a um fim e a forma como saída para instruir a análise econômica. Tentaremos mostrar que a sociologia compreensiva na forma pensada por Weber, não é alheia a contornos interpretativos e filosóficos, portanto, o seu uso para os cálculos econômicos e decisões políticas, muitas vezes, arrimados no ceticismo da filosofia e na crença no profissionalismo pragmático, pode se apresentar inadequados ou, ao menos, exige um exame em maior profundidade.

Palavras-chave


Racionalidade, Ação social, Weber, Análise econômica, Sociologia compreensiva

Texto completo:

PDF

Referências


ARON, Raymond. As etapas do conhecimento sociológico. Trad. Sérgio Bath. 5. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

DUTRA. Delamar José Volpato. Uma chave de leitura para a filosofia do direito de Habermas, In: GELAIN, Itamar Luís (Org.). Uma introdução à filosofia do direito. Ijuí: Unijuí, 2015.

DWORKIN, Ronald. A virtude soberana: a teoria e a prática da igualdade. São Paulo: Martins Fontes, 2011.

______. O império do direito. Trad. Jeferson Luiz Camargo. 3. ed. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2014.

FREUND, Julien. Sociologia de Max Weber. Trad. Luís Claudio de Castro e Costa. 4. ed. Rio de Janeiro: Forense-Universitária, 1987.

HEIDEGGER, Martin. Ser e tempo (1927), Partes I e II. Trad. Marcia Sá Cavalcante Schuback, 15 ed. Petrópolis: Vozes, 2005.

HONNETH, Axel. Reificação: um estudo da teoria do reconhecimento. Tradução Rúrion Melo. São Paulo: Editora Unesp, 2018.

MACEDO JUNIOR, Ronaldo Porto. Do xadrez à cortesia: Dworkin e a teoria do direito contemporâneo. São Paulo: Saraiva, 2013.

PONTES, André Luiz Marcondes. Concepções de direito e justiça: a teoria do direito de Ronald Dworkin e o liberalismo político de John Rawls. Orientador: Ronaldo Porto Macedo Junior. 2011. 191f. Dissertação (Mestrado em Direito) – Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, São Paulo, 2011. Disponível em: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/2/2139/tde-26032012-093813/publico/Andre_Luiz_Marcondes_Pontes_ME.pdf. Acesso em: 10 abr. 2020.

POSNER, Richard A. A problemática da teoria moral e jurídica. Trad. Marcelo Brandão Cipolla. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2012.

______. Para além do Direito. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2009.

SELL, Carlos Eduardo. Racionalidade e racionalização em Max Weber. Revista Brasileira de Ciências Sociais. São Paulo, v. 27, n. 79, p. 153-233, 2012. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69092012000200010. Acesso em: 18 abr. 2020.

STEIN, Ernildo. Gadamer e a consumação hermenêutica, In: STEIN, Ernildo; STRECK, Lenio (Org.) Hermenêutica e epistemologia: 50 anos de verdade e método. 2. ed. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2015.

WEBER, Max. A ética protestante e o “espírito” do capitalismo. São Paulo: Companhia das Letras, 2008.

______. A “objetividade” do conhecimento nas ciências sociais, In: COHN, Gabriel (Org). Max Weber: sociologia. Trad. Amélia Cohn e Gabriel Cohn. 1. ed. São Paulo: Ática, 2006, 112p. Disponível em: https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/229983/mod_resource/content/1/Weber%2C%20M.%20A%20objetividade%20do%20conhecimento%20nas%20ci%C3%AAncias%20sociais.pdf. Acesso em: 18 abr. 2020.

______. Economía y sociedade: Esbozo de sociología comprensiva. México, D.F.: Fóndo de Cultura Económica, 1984.

______. Metodologia das ciências sociais. Trad. Augustin Wernet. 2. ed. ed. São Paulo: Cortez; Campinas: Unicamp, 1993.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Biatriz Bittencourt de Assis, Itamar Luís Gelain, Ivan Rezende de Oliveira

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

PERI - Revista de Filosofia
ISSN 2175-1811, Florianópolis,
Santa Catarina, Brasil
e-mail: revistaperi@contato.ufsc.br