A aplicabilidade do lean construction dentro de empresas de construção civil de pequeno, médio e grande porte da região de Belo Horizonte

Luiza Ferreira Mota, Daniela Matschulat Ely

Abstract


Considerando as novas demandas do mercado da construção civil e a maior exigência dos clientes, referente à qualidade das edificações, e a redução de custos e prazos das obras, o mercado têm voltado sua atenção a novos métodos gerenciais como forma de melhorar seu desempenho. Um desses métodos é conhecido como lean construction. O objetivo deste trabalho foi avaliar o grau de aplicação dos conceitos dessa filosofia dentro dos canteiros de obras em empresas de pequeno, médio e grande porte, localizadas na região de Belo Horizonte e visualizar se o porte da empresa influencia na adoção de medidas mais enxutas. A metodologia para realização desta proposta inclui: caracterização do porte da empresa; elaboração e aplicação de questionário, baseado nos princípios lean construction, em canteiros de obras. Conforme levantamento a empresa de maior o porte possui o maior grau de aplicabilidade desta filosofia e os principais pontos a serem melhorados pelos três tipos de empresas, em geral, são relativos aos princípios de atendimento das necessidades dos clientes e o aumento da flexibilidade de saída do produto.

Keywords


Lean Construction; Grau de Aplicaçao; Modelo de Avaliação

References


AMARAL. Tatiana Gondim. Metodologia de qualificação para trabalhadores da construção civil com base nos conhecimentos gerenciais da construção enxuta. Tese (Doutorado em Engenharia Civil). Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, 2004.

BAZANELLI, Ana Cristina Danelon Rigo. Uma nova abordagem do orçamento na construção civil frente à filosofia gerencial do pensamento enxuto. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil). Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2003.

BENETTI, Heloiza Piassa. SILVA, Ildeivan. BELLEI, Eduardo. Classificar empresas construtoras quanto ao grau de aplicação de ferramentas lean. VIII Congresso Nacional de Excelência em Gestão, 2012.

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Banco Nacional do Desenvolvimento. Porte de empresa. Brasília, DF, 2010. Disponível em: . Acesso em: 12 de dez. 2014.

BRANCO, Luiz Antônio. ROMEIRO, Eduardo. ANDERY, Paulo Roberto Pereira. Os Princípios da construção enxuta como facilitadores de uma abordagem sistêmica em construção civil. Cobenge, Belo Horizonte, 2003.

HOFACKER, Alexander. OLIVEIRA, Bruno Fernandes. GEHBAUER, Fritz. FREITAS, Maria do Carmo Duarte. MENDES JR, Ricardo. SANTOS, Aguinaldo. KIRSCH, Jürgen. Rapid lean construction-quality rating model (LCR). In: 16th International Group for Lean Construction Conference, Manchester, IGLC, 2008.

KOSKELA, Lauri. Application of the new production philosophy to construction. CIFE TechnicalReport #7275p.Stanford University, Palo Alto, California, 1992.

LIMA, Edmilson de Oliveira. As Definições de Micro, Pequena e Média Empresas Brasileiras como base para a Formulação de Políticas Públicas. ANAIS DO II EGEPE, p. 421-436, Londrina/PR, 2001.

SOUTO, Rodrigo da Silveira. A aplicação de princípios e conceitos do sistema Toyota de produção em uma etapa construtiva de uma empresa de construção civil. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2000.

SHINGO, Shigeo. O Sistema Toyota de Produção. Porto Alegre, Ed. Bookman, 1996.

WOMACK, James. JONES, Daniel. A mentalidade enxuta nas empresas. Rio de Janeiro, Campus, 1998.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.


_________________________________________________________

Licença Creative Commons
This journal is licenced under a Creative Commons LicenseCreative Commons - Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Contact: lean@contato.ufsc.br
Tel: +554837217062

EPS - Departamento de Engenharia de Produção e Sistemas

CTC - Centro Tecnológico

UFSC - Universidade Federal de Santa Catarina

Caixa Postal 476 - Campus Universitário - Trindade