Bom-crioulo: a construção de um tipo

Bianca Ferraz Bitencourt

Resumo


Bom-Crioulo, romance de Adolfo Caminha, publicado em 1895 e classificado como pertencente ao Naturalismo, é uma obra que aborda o tema da homossexualidade entre dois marinheiros, a partir de um viés cientificista, de acordo com o que a já propunha a escolha literária na qual está inserida. Durante a obra, diversas relações triangulares, diversas relações triangulares se estabelecem, o que remete à teoria proposta por René Girard. Dessa forma, há uma convergência no que diz respeito à representação do desejo e ao estabelecimento de categorias como a do “herói-escravo”. Assim, este estudo pretende analisar o romance do escritor brasileiro a partir de sua fortuna crítica bem como construir uma interpretação com os elementos apontados por Girar, enfatizando o tipo de herói que a obra apresenta. 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

uox-Rev., © 2013, UFSC, Florianópolis, Brasil, ISSN 2358-1514