Nem tão rural, tampouco muito urbano: Um pouco do mundo rural no meio oeste catarinense

André Luís Zanotto

Resumo


Enquanto agricultores vinculam-se acima de tudo com o trato da terra e seu principal desdobramento no efeito de se alimentar, a partir de 1950, de um modo geral se acelera o processo de modernização do campo no meio oeste-catarinense. Pairando na área rural de Concórdia, entende-lo, partindo dele e se juntando com duas propostas que, de qualquer maneira, debatem-se com o capitalismo, é possível mostrar alguns aspectos deste desenrolar. No entanto, vale-se desta construção histórica para se apontar um modo de vida rural em transformação, sortido, na medida em que não se tem modificado plenamente.

Palavras-chave


Agricultura; Agroindustrialização

Texto completo:

PDF


Revista Santa Catarina em História - Florianópolis - UFSC - Brasil ISSN 1984-3968