A Honra lavada com Sangue: Gênero e Tribunal do Júri em Entrevistas com Membros do Ministério Público de Santa Catarina

Manoela de Souza, Priscilla Nathani Pessoa de Lima

Resumo


O Tribunal do Júri é considerado uma das instituições mais tradicionais e democráticas da Justiça brasileira. Mas é também instituição polêmica, tendo em vista o grau de subjetividade que pode pautar a decisão dos jurados, motivada por diversos influxos, tais como política, religião ou horizontes culturais e morais. O trabalho debruça-se sobre relatos de Promotores ouvidos no Programa de História Oral do Memorial do Ministério Público de Santa Catarina, para captar a emergência da questão de gênero e suas implicações no que diz respeito aos crimes praticados em defesa da honra. Os testemunhos reportaram a enorme dificuldade em lograr a condenação de réus acusados do assassinato de esposas supostamente adúlteras, em especial nas comarcas do Oeste de Santa Catarina, até princípios dos anos 1980.

Palavras-chave


Crimes de Honra; Gênero; História Oral; Tribunal do Júri

Texto completo:

PDF


Revista Santa Catarina em História - Florianópolis - UFSC - Brasil ISSN 1984-3968