O que nos contam os periódicos: os desastres ambientais em Santa Catarina de meados do século XIX até o XX.

Luís Guilherme Fagundes

Resumo


O objetivo deste trabalho é, sob o viés da História Ambiental, analisar de que forma os principais jornais catarinenses retratam as notícias sobre os desastres socioambientais, ocorridos no Estado de Santa Catarina, a partir da segunda metade do século XIX, até o término do século XX. A História Ambiental considera os desastres socioambientais como acontecimentos problemáticos resultantes da complexa relação entre ser humano/natureza. Logo, examinar o modo como esses eventos são representados ao longo dos anos, contribui para a compreensão sobre as percepções do mundo natural. A História Ambiental reconhece que formas vivas e não vivas do sistema terrestre afetam a vida dos seres humanos. Os impactos e as mudanças causadas pelos agenciamentos humanos no mundo natural ocorrem há algum tempo e são mutuamente condicionados. Desta forma, os desastres são socialmente construídos, pois é a partir da contraditória relação com o meio ambiente que os mais diversos grupos humanos enfrentam as consequências dos desastres.

Palavras-chave


História Ambiental; Desastres Ambientais; Santa Catarina

Texto completo:

PDF


Revista Santa Catarina em História - Florianópolis - UFSC - Brasil ISSN 1984-3968