Agropecuária catarinense: o processo de modernização através das propagandas na primeira metade do século XX

Aline Gabriela Klauck

Resumo


A História das atividades agropecuárias em Santa Catarina, em comparação com outras áreas da História tem sido pouco estudada, especialmente, o processo de modernização do campo. Considerando a importância da agropecuária catarinense, este artigo tem por objetivo compreender a trajetória histórica desta atividade, dando ênfase ao processo de evolução das técnicas, implementos e insumos voltados ao campo na primeira metade do século XX. Atenção especial é dada às propagandas veiculadas em jornais catarinenses, as quais procuram apresentar soluções para os mais diversos problemas enfrentados pelo produtor rural nesse período. Verifica-se através da análise das propagandas que o produtor rural “moderno” era aquele que conseguia incorporar no seu cotidiano, os vários equipamentos e insumos oferecidos. Esta adoção seria a forma de superar a produção rural rudimentar por uma produção moderna, no entanto, nesse “processo modernizador” ainda não havia espaço para questionamentos, de modo que a pergunta pela conservação ambiental não fazia parte da agenda governamental.

Palavras-chave


Agropecuária; Propagandas; Modernização.

Texto completo:

PDF


Revista Santa Catarina em História - Florianópolis - UFSC - Brasil ISSN 1984-3968