Falanstério do Saí: Uma experiência utópica em Santa Catarina

Gisele Maria da Silva

Resumo


O pensamento utópico é o reflexo dos desejos e anseios do homem em relação a sua vida e uma resposta aos problemas sociais. A proposta utópica, nem sempre trará resultados a
curto prazo, mas com certeza contribuirá muito com o desenvolvimento das mentalidades e da sociedade. O principal objetivo deste artigo é expor e discutir as aspirações e frustrações acerca da primeira experiência de colonização socialista no Brasil. Dos anos de 1842 a 1844, a península do Saí foi difusora de uma proposta que buscava alterar a realidade existente para um mundo mais justo e harmônico. O ideal de uma colônia societária no Brasil movimentou a população e despertou o interesse das autoridades, o apoio veio principalmente dos interessados em beneficiar-se com o empreendimento. O império e os grandes proprietários
viam nesta proposta a possibilidade da industrialização e de civilização para o país. Mas é no pensamento e na luta dos imigrantes franceses para a concretização dos objetivos do
projeto, que se encontra o verdadeiro sentido da colônia.

Palavras-chave


Utopia; Falanstério; Desejos; Frustrações

Texto completo:

PDF


Revista Santa Catarina em História - Florianópolis - UFSC - Brasil ISSN 1984-3968