América meridional em disputa: espacialização do conflito na Ilha de Santa Catarina (1749-1777)

Paloma Natalia Riquetta Nervi

Resumo


Este artigo tem por pretensão articular o movimento global da colonização no século XVIII, ao desenvolvimento local da Ilha de Santa Catarina. Partindo de um quadro geral, tendo como apoio a historiografia consolidada sobre América Portuguesa, introduzimos o particular, onde se incorporou à bibliografia sobre a região, documentos cartográficos e correspondências oficiais. Contudo, o trabalho evidencia como a fortificação da Ilha e a imigração açoriana são espacializações de conflitos e processos mais amplos.

Palavras-chave


Ilha de Santa Catarina; conflito; Portugal; Espanha.

Texto completo:

PDF


Revista Santa Catarina em História - Florianópolis - UFSC - Brasil ISSN 1984-3968