Possibilidades de uso da obra de Franklin Cascaes como recurso didático para o ensino de História sobre Florianópolis-SC

Janaína de Fátima Zdebskyi

Resumo


Os mitos não podem ser vistos como sinônimos de mentira, pois são narrativas que estão articuladas com a história e, quando encarados como fontes, auxiliam na compreensão das perspectivas de mundo e organização social dos grupos que compartilham deles. Assim, busco apresentar nesse artigo uma discussão por meio de revisão teórica a respeito do que são e para que servem os mitos e posteriormente apresentar e analisar brevemente alguns trechos da obra de Franklin Cascaes, “O fantástico na Ilha de Santa Catarina”, objetivando compreender como os mitos sobre Florianópolis podem ser utilizados como materiais didáticos no ensino de história local.


Palavras-chave


Franklin Cascaes, Ensino de História, Florianópolis-SC.

Texto completo:

PDF


Revista Santa Catarina em História - Florianópolis - UFSC - Brasil ISSN 1984-3968