O projeto colonizador brasileiro e a Colônia Nacional Angelina

Diego Nones Bissigo

Resumo


Este artigo procura situar a implantação da Colônia Nacional Angelina, efetuada em 1860, dentro do contexto de discussão sobre a ocupação do território, a questão da mão-de-obra e da própria construção do Estado nacional brasileiro que ocorre no século XIX, especialmente a partir da sua segunda metade. A opção pelo imigrante estrangeiro não era uma idéia pronta, mas foi fruto de longas discussões e a existência de uma colônia de “nacionais” numa das províncias que mais recebeu colonos estrangeiros, como Santa Catarina, levanta questões sobre o posicionamento geográfico e a finalidade da fundação da supracitada colônia.

Palavras-chave


Colonização; Imigração; Santa Catarina; Nacionalismo

Texto completo:

PDF


Revista Santa Catarina em História - Florianópolis - UFSC - Brasil ISSN 1984-3968