O desenvolvimento socioeconômico de Santa Catarina e das SDRs Grande Florianópolis, Blumenau e Joinville (1991-2010)

Vanessa Krützmann, Angélica Massuquetti, Eduarda Martins Correa da Silveira

Resumo


O objetivo do artigo foi analisar o desenvolvimento socioeconômico de Santa Catarina e das SDRs Grande Florianópolis, Blumenau e Joinville no período 1991-2010. A metodologia empregada foi a análise de indicadores e de índices de desenvolvimento nas dimensões longevidade, educação e renda. Os resultados revelam que houve o crescimento da participação do PIB do estado na Região Sul e no Brasil. O estado obteve muito alto desenvolvimento, em 2010, apenas no IDHM Longevidade, encontrando-se em alto desenvolvimento no IDHM Renda e médio desenvolvimento no IDHM Educação. Em relação às SDRs, observou-se avanço nos índices dos municípios, contudo, as disparidades entre os mesmos ainda permanecem. Apesar da evolução do IDHM Educação nas Secretarias e nos municípios, esta dimensão é a que mais exige políticas públicas para o desenvolvimento dessas regiões.

Palavras-chave


Descentralização; Desenvolvimento; SDRs; IDHM

Texto completo:

PDF

Referências


ATLAS de Desenvolvimento Humano no Brasil 2013. Consulta. Brasília: PNUD, 2014. Disponível em: < http://atlasbrasil.org.br/2013/pt/consulta/>. Acesso em: 20 mar. 2014.

BIRKNER, W. M. K.; TOMIO, F. R. de L. Três aspectos da política de descentralização em Santa Catarina. Revista Brasileira de Gestão e Desenvolvimento Regional, Taubaté (SP), v. 7, n. 3, p. 3-26, set-dez/2011.

BUTZKE, L.; THEIS, I. M.; GOULARTI, J. G. Qual “desenvolvimento territorial sustentável” para Santa Catarina? As Secretarias de Desenvolvimento Regional em questão. In: ENCONTRO DE ECONOMIA CATARINENSE, 3., 2009, Blumenau (SC). Anais... Blumenau (SC): APEC, 2009. Disponível em: . Acesso em: 22 mar. 2014.

COSTA, J. S. et al. Compêndio de economia regional: métodos e técnicas de análise regional. Cascais (Portugal): Principia, 2011. v. 2.

DALLABRIDA, V. R. A gestão territorial através do diálogo e da participação. Porto Alegre: UFRGS, 2007.

DALLABRIDA, V. R.; BÜTTENBENDER, P. L.; BIRKNER, W. M. K. A experiência de descentralização político-administrativa dos estados de SC e RS: concepções, percepções e síntese avaliativa. Desenvolvimento Regional em debate, Canoinhas (SC), ano 1, n. 1, p. 40- 64, dez. 2011.

GRANDE FLORIANÓPOLIS. Secretaria de Desenvolvimento Regional Grande Florianópolis. Disponível em: < http://www.soo.sdr.sc.gov.br/>. Acesso em: 10 mar. 2014.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Indicadores. Disponível em: . Acesso em: 20 mar. 2014.

IPEADATA. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. Disponível em: . Acesso em: 20 mar. 2014.

JOINVILLE. Secretaria de Desenvolvimento Regional de Joinville. Disponível em: . Acesso em: 23 mar. 2014.

KRÜTZMANN, Vanessa; MASSUQUETTI, Angélica. Análise do desenvolvimento socioeconômico no sul do Brasil: impacto da reestruturação política, administrativa e fiscal nos estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. In: WORKSHOP DA APDR, 5., 2010., Coimbra (Portugal). Anais... Angra do Heroísmo (Portugal): APDR: 2010a

KRÜTZMANN, Vanessa; MASSUQUETTI, Angélica. Desenvolvimento socioeconômico no

sul do Brasil: um estudo dos COREDES (Rio Grande do Sul) e das SDRs (Santa Catarina).

In: ENCONTRO DE ECONOMIA CATARINENSE, VI., 2010., Criciúma (SC). Anais...

Criciúma (SC): APEC: 2010b. Disponível em: http://www.apec.unesc.net/IV_EEC/sessoes_tematicas/. Acesso em: 22 mar. 2014.

RUDNICK, L. T.; MATTEDI, M. A. Uma análise da política administrativa de descentralização em Santa Catarina, 2003-2009. Informe Gepec, Toledo, v. 14, n. 1, p. 39-54, jan./jun. 2010.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Rev. NECAT, ISSN 2317-8523, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.