Fontes de dados demográficos e estudos de população em Santa Catarina

Autores

  • Luís Felipe Aires Magalhães Universidade Estadual de Campinas

Palavras-chave:

Brasil, Dados Demográficos, Fontes Oficiais

Resumo

As fontes de dados demográficos são importantes instrumentos para a pesquisa, análise e promoção de políticas públicas, contribuindo para o entendimento de nossa realidade social. O domínio destas fontes passa pelo entendimento, inicialmente, da natureza dos dados (se eles são dados de fluxo ou de estoque), e depois de sua disponibilidade, regularidade, cobertura territorial e problemas de enumeração. Neste artigo, analisaremos detidamente quatro fontes de dados demográficos: o Censo Demográfico, o Registro Civil, a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD) e a Pesquisa de Orçamento Familias (POF), expondo, de um lado, as possibilidades de levantamento de alguns dados e avaliando, de outro lado, suas vantagens, desvantagens e, especialmente, sua cobertura territorial no Estado de Santa Catarina. Como veremos, importantes fontes de dados (PNAD e POF) possuem escassa cobertura territorial em Santa Catarina, prejudicando importantes análises e políticas públicas no Estado. O artigo pretende, com isto, contribuir à formação de uma agenda de pesquisa demográfica no Estado. 

Biografia do Autor

Luís Felipe Aires Magalhães, Universidade Estadual de Campinas

Doutorando em demografia na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).

Referências

FIBGE, Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo Demográfico 2000 e 2010. Disponível em: http://www.sidra.ibge.gov.br/cd/cd2010RgaAdAgsn.asp. Acesso em: maio de 2015.

FIBGE, Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Estatísticas de Registro Civil. Disponível em: http://www.sidra.ibge.gov.br/bda/acervo/acervo9.aspe=c&p=RC&z=t&o=27. Acesso em: maio de 2015.

Ministério da Saúde, DATASUS. Estatísticas Vitais. Disponível em:

http://www2.datasus.gov.br/DATASUS/index.php?area=02. Acesso em: maio de 2015.

PINTO, Álvaro Vieira. El Pensamiento Critico em Demografia. Santiago do Chile: Celade, 1973

Ralph Hakkert, Fontes de Dados demográficos. Belo Horizonte, Textos Didáticos – ABEP 1996. Disponível em: <http://www.abep.nepo.unicamp.br/docs/outraspub/textosdidaticos/tdv03.pdf>

Ricardo Ojima. 2007. Fontes de Dados Demográficos - Conceitos fundamentais e formas de acesso.

Silvana Amaral, Miguel Monteiro, Flávia Feitosa. 2013. Parte II – Fonte de Dados: Fonte de Dados Demográficos e Socioeconômicos.

Downloads

Publicado

2020-11-24