Os Estados Unidos e a diplomacia das balas

Glauber Lopes Xavier

Resumo


Trata-se da resenha da obra “Balas de Washington: uma história da CIA, golpes e assassinatos”, de Vijay Prashad. Nela, seu autor expõe a natureza da prática diplomática norte-americana no mundo, pautada pelo recurso à ameaça e à violência. Ao longo do pós-segunda guerra mundial os Estados Unidos não pouparam esforços a fim de ampliar e disseminar territorialmente seu poder militar, submetendo boa parte do globo ao seu projeto imperialista com vistas à espoliação de recursos naturais, especialmente energéticos. A América Latina não esteve imune a essa ofensiva, tendo sido palco de diversos golpes políticos que contaram com a participação dos Estados Unidos. O livro foi prefaciado por Evo Morales, ex-presidente da Bolívia e cuja saída do governo em 2019 se deu a partir de um golpe com o envolvimento direto da Organização dos Estados Americanos, a OEA.


Texto completo:

PDF

Referências


PRASHAD, Vijay. Balas de Washington: uma história da CIA, golpes e assassinatos. São Paulo: Expressão Popular, 2020. 167 p.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


REBELA - Revista Brasileira de Estudos Latino-Americanos
ISSN 2237-339X
Instituto de Estudos Latino-Americanos - IELA
Universidade Federal de Santa Catarina
Centro Socioeconômico - Primeiro andar - Bloco D 
Florianópolis SC
Telefone: + 55 48 37216483

e-mail:iela@contato.ufsc.br