Políticas Editoriais

Foco e Escopo

A Revista Ambientes em Movimento tem como foco difundir o conhecimento científico, técnico, artístico e cultural nas áreas de ambiente, educação e saúde.

Objetivos: Contribuir com a divulgação de artigos completos, pesquisas em andamento, relatos de experiência e produção artístico-cultural de pesquisadores, empresas, cooperativas, associações, entidades públicas, sindicatos e organizações não-governamentais, etc de caráter inter e transdisciplinar sobre questões relacionadas à ambiente, educação e saúde.

Justificativa e contextualização da proposta

A ideia do projeto de extensão para a criação da revista "Ambientes em Movimento" se insere dentro da proposta do Planejamento estratégico e do Plano de desenvolvimento institucional da UFSC, onde consta como um dos objetivos a serem alcançados pela instituição o de "Gerar e disseminar conhecimento formando profissionais e contribuindo para atendimento de demandas regionais e o desenvolvimento da sociedade.” (Planejamento estratégico, 2010). A revista pode ser entendida dentro do processo de amadurecimento do próprio Campus de Curitibanos, que comemora em 2020 onze anos de existência, e hoje conta com quatro cursos de graduação em atividade (Ciências Rurais, Agronomia, Engenharia Florestal e Medicina Veterinária) e um programa de mestrado (Ecossistemas Agrícolas e Naturais). Há ainda um curso de Medicina bem como um programa de Mestrado (Medicina Veterinária Convencional e Integrativa) em processo de implantação. A existência do grupo de pesquisa da ASAM (grupo de pesquisa em análise socioambiental no Planalto Catarinense - https://asam.paginas.ufsc.br/) que acolheu novos docentes que chegaram ao Campus, foi fundamental como ponto de partida para a consolidação desta proposta.  


Neste sentido, nossa revista buscará fomentar a produção de conhecimento e gerar impacto positivo na região através da divulgação de pesquisas interdisciplinares que coloquem em evidência as relações complexas entre ambiente e sociedade, pensando a multifatorialidade e ambiguidade que permeia os processos de desenvolvimento e suas consequências sócio-ambientais para as populações envolvidas. Por estas razões o caráter interdisciplinar é fundamental ao alcance dos nossos objetivos. É necessário pensar o desenvolvimento social, através de processos de produção agroflorestais que considerem o mínimo de impacto ao meio ambiente e à saúde, utilizando, para isso, a educação como um determinante social fundamental. A proposta de publicação vem ao encontro do fortalecimento da produção intelectual interdisciplinar em temáticas sobre saúde, meio ambiente, ciências agrárias e desenvolvimento, buscando através do acolhimento de pesquisadores de diferentes áreas colocar a luz sobre problemáticas que podem se replicar em diferentes regiões do Brasil e do mundo.


Público Alvo: Estudantes, docentes, pesquisadores, educadores educação básica, gestores públicos e sociais, empresas, cooperativas, associações, entidades públicas, sindicatos, organizações não-governamentais e demais interessados cujos trabalhos sejam pautados pelos diálogos multidisciplinares, interdisciplinares.

Condições para submissão

  • A contribuição é original e inédita. 

  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.

  • URLs para as referências foram informadas quando possível.

  • O texto  em espaço simples; fonte de 12-pontos; utilizar itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas deverão ser inseridas no texto, não no final do documento.

  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.

  • Em caso de submissão a uma seção com avaliação pelos pares (ex.: artigos), as instruções disponíveis em Assegurando a avaliação pelos pares cega foram seguidas.

  • No caso de a submissão utilizar imagens (livros, internet, etc.), a autorização do uso das imagens deve ser enviada aos editores da RAM.

  • Autorização dos respectivos comitês de ética de área em pesquisas envolvendo plantas, animais humanos e/ou não humanos, ou a devida justificativa quando for o caso.

Demais contribuições como relatos de experiência ou produção artístico-cultural serão avaliados pelos membros do conselho editorial que emitirão parecer sobre a pertinência da publicação na revista.


Tipos de documentos aceitos: artigo completo, pesquisa em andamento, relato de experiência, resenha e produção artístico-cultural. A revista aceita contribuições em português, espanhol e inglês.


A área de concentração: 

A revista é Interdisciplinar, se relaciona com as áreas dos grupos de pesquisa que a compõe, cujo foco são o estudo das relações complexas de interação entre ser humano e ambiente, entendendo o ser humano como agente e parte integrante do ambiente em que produz sua existência. 

 

90100000 ÁREA DE AVALIAÇÃO: INTERDISCIPLINAR

90191000 MEIO AMBIENTE E AGRÁRIAS

90192000 SOCIAIS E HUMANIDADES

90194000 SAÚDE E BIOLÓGICAS



Políticas de seção e categorias dos manuscritos que serão aceitos: 50% para artigos resultantes de atividades de pesquisa, ensino, extensão; 20% pesquisas em andamento, 10% para relatos de experiências; 10% para resenhas, 10% para produção artística-cultural (Vídeo; foto; textos livres; poemas, etc.). Estas porcentagens são indicativas podendo ser modificadas a critério do Conselho Editorial. Números especiais com a publicação de atas e anais de evento.


A Revista Ambientes em Movimento incentivará a elaboração de dossiês temáticos a critério dos editores, coordenados por especialistas em determinadas áreas relacionadas com o foco e escopo do periódico como estratégia de captação de artigos externos e qualificação da revista.



Periodicidade e modalidade de publicação:  

Periodicidade semestral.  Modalidade de publicação: online - digital

Trata-se de uma publicação semestral com foco na publicação de artigos, resenhas e dossiês que tenham sua elaboração pautada pelos diálogos multi e interdisciplinares cujos objetos de pesquisa se relacionem com saúde, educação, ambiente e desenvolvimento e resultado de atividades de pesquisa, ensino e extensão. 

A revista organizará a cada nova publicação uma live com os autores para falarem sobre seus trabalhos e respectivo lançamento da publicação. Alternativamente pode ser disponibilizado um vídeo do autor falando sobre sua pesquisa. Será criado um canal de Youtube e uma página Facebook da revista.


Política de acesso livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento. Diante disso, não  cobra dos autores nenhuma taxa ou encargo referente ao processo de submissão, avaliação, edição e publicação.

A revista adota a política Creative Commons (https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/)a licença mais aberta de todas: CC Atribuição 4.0 (em inglês CC Attribution ou CC By) em linha com os objetivos de Acesso Aberto da BOAI (http://www.budapestopenaccessinitiative.org/boai-10-translations/portuguese-brazilian-translation).

 

Políticas de Seção

Artigos

Política padrão de seção

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

  1. Política de Avaliação

Os manuscritos serão avaliados por pares, no processo duplo- cega. Cada artigo completo, pesquisas em andamento, relatos de experiência e produções artístico-cultural serão submetidos:

  •  Dois revisores que não apresentem conflito de interesse com os autores dos artigos. 

  • Do parecer do editor da subseção.

  • Do parecer do editor da seção

 

Com base nos pareceres o manuscrito pode ser classificado como: aceito com revisão majoritária, aceito com revisão minoritária, aceito para publicação e não aceito para publicação. 

Os manuscritos aprovados para publicação passarão por revisão técnica dos textos e padronização ao estilo da revista, finalizando o processo de avaliação. O anonimato dos autores e avaliadores será garantido durante todo o processo.


Tempo padrão para avaliação: 45 dias, mais 15 para ajustes pelo autor


 

 

Periodicidade

Periodicidade semestral.  Modalidade de publicação: online - digital

Trata-se de uma publicação semestral com foco na publicação de artigos, resenhas e dossiês que tenham sua elaboração pautada pelos diálogos multi e interdisciplinares cujos objetos de pesquisa se relacionem com saúde, educação, ambiente e desenvolvimento e resultado de atividades de pesquisa, ensino e extensão. 

A revista organizará a cada nova publicação uma live com os autores para falarem sobre seus trabalhos e respectivo lançamento da publicação. Alternativamente pode ser disponibilizado um vídeo do autor falando sobre sua pesquisa. Será criado um canal de Youtube e uma página Facebook da revista.


 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.