The astonishing resilience: ethnic and legal invisibility of indigenes from a brazilian perspective

Cristhian Teófilo da Silva

Resumo


Este artigo se inicia com uma revisão do livro de Bruce Miller "Invisible Indigenes: The Politics of Nonrecognition" (University of Nebraska Press, 2003, 248p) e seu objetivo é enfatizar dois aspectos distintos da política de não-reconhecimento relativa aos povos indígenas; nomeadamente: a invisibilidade étnica e legal. O não-reconhecimento de povos indígenas nos EUA, Canadá e ao redor do mundo aparece em "Invisible Indigenes" na forma de mecanismos estatais de rejeitar demandas indígenas e em última instância apagar a diversidade étnica no interior das fronteiras nacionais. O Segundo objetivo deste artigo é retomar essa questão de uma perspectiva brasileira e oferecer dados complementares às idéias e argumentos de Miller de modo a apresentar o não-reconhecimento de índios invisíveis como fenômenos heterogêneos subsumidos a contextos nacionais distintos.

Texto completo:

PDF


Vibrant, Brasília, DF, Brasil. ISSN 1809-4341