Soigner L’Autre: Ethnologie d’un centre de soins humanitaires en France

Jaqueline Teresinha Ferreira

Resumo


O presente artigo é resultado de uma pesquisa etnográfica realizada em um centro de saúde gratuito em Paris, o centro Parmentier, pertencente a ONG de caráter humanitário, Médecins du Monde. Tal organização, consagrada por suas missões em países estrangeiros, inicia uma missão na França em um contexto de urgência face às situações de pessoas excluídas de atendimento de saúde público. Este trabalho busca uma compreensão das práticas relacionadas à assistência médica e social como também pelas representações partilhadas entre os atores, pacientes e voluntários, criadas por condições especiais de interação. Tais interações estão situadas em um jogo de ordem cognitiva e afetiva onde se inscreve a percepção do Outro dependente tanto de sua situação econômica ou de sua nacionalidade. Por outro lado, este trabalho analisa particularmente a relação entre médicos / pacientes em um contexto de assistência médica humanitária dirigidos a uma população vivendo em exclusão social.

Texto completo:

PDF


Vibrant, Brasília, DF, Brasil. ISSN 1809-4341