Politique de la vieillesse et développement technologique en France

Clarice Ehlers Peixoto

Resumo


No imaginário social contemporâneo, as "novas tecnologias" são sistematicamente associadas à juventude, posto que se considera que as pessoas de mais idade são refratárias às inovações tecnológicas. Esta pesquisa procurou estudar a maneira como as pessoas envelhecidas utilizam (ou são levadas a utilizar) as tecnologias da vida cotidiana. Três campos de interrogação perpassam nossa análise: as políticas e serviços sociais para a velhice ligados às novas tecnologias, os usos e representações das pessoas de idade sobre os objetos técnicos e o lugar da pessoa envelhecida na oferta técnica. Para isso, realizamos um estudo de caso em um município da região parisiense.

Texto completo:

PDF


Vibrant, Brasília, DF, Brasil. ISSN 1809-4341