Políticas Editoriais

Foco e Escopo

VIBRANT is ABA’s contribution to enhance the diversity of voices within the world community of anthropologists. In a globalized world, language became an evident political issue. Since English is the international academic language, more and more different anthropological communities depend on it to communicate among themselves. The publication of articles and images by Brazilian anthropologists in English and other languages is intended to promote heterogeneous conversations and to further a more diverse production of anthropological knowledge. Indeed, if we could count on similar initiatives on the part of other national associations, we would certainly have access to a more plural vision of anthropology.

VIBRANT - le Journal en ligne de l'Association Brésilienne d'Anthropologie se consacre à disséminer le travail des anthropologues brésiliens à travers l'internet, un moyen hautement flexible et transnational.

VIBRANT est une contribution de l´Association Bréslienne d´Anthropologie pour augmenter la diversité des voix de la communauté mondiale d'anthropologues. Dans un monde globalisé, la langue est devenue une question politique. Vu que l'anglais est la langue académique internationale, de plus en plus les différentes communautés anthropologiques en dépendent pour se communiquer entre elles. La publication d'articles et d´ images d'anthropologues brésiliens en anglais et en d'autres langues a le but de promouvoir des conversations hétérogènes et de développer une production de connaissance anthropologique plus diversifiée. En réalité, si nous pouvions compter avec des initiatives semblables de la part d'autres associations nationales, nous aurions, certainement, accès à une vision plus plurielle de l'anthropologie mondiale.

VIBRANT – Antropología Brasileña Virtual - El diario en línea de la Asociación Brasileña de Antropología se dedica a diseminar el trabajo de antropólogos brasileños a través de la Internet, un medio altamente flexible e transnacional.

VIBRANT es una contribución de la ABA para aumentar internamente la diversidad de voces de la comunidad mundial de antropólogos. En un mundo globalizado, la lengua se transformó en un asunto político evidente. Siendo que el inglés es la lengua académica internacional, cada vez más, diferentes comunidades antropológicas dependen de él para comunicarse entre ellas. La publicación de Artículos e imágenes de antropólogos brasileños en inglés y en otras lenguas tiene como objetivo promover conversaciones heterogéneas e incrementar una producción de conocimiento antropológico más diversificada. De hecho, si pudiésemos contar con iniciativas semejantes de otras asociaciones nacionales, tendríamos ciertamente acceso a una visión más plural de la antropología.

VIBRANT - Virtual Brasileira Antropologia - O jornal online da Associação Brasileira de Antropologia é dedicado a divulgar o trabalho dos antropólogos brasileiros em toda a Internet, um meio altamente flexível e transnacional.

VIBRANT é uma contribuição da ABA para aumentar a diversidade de vozes do mundo a comunidade de antropólogos. Em um mundo globalizado, a língua passou a ser uma questão política evidente. Sendo que o Inglês é a língua internacional cada vez mais acadêmica, diferentes comunidades antropológicas dependem disso para se comunicar uns com os outros. A publicação de artigos e imagens de antropólogos brasileiros em Inglês e outras línguas visa promover conversações heterogêneas e aumentar a produção de conhecimento antropológico mais diversificadas. Na verdade, se pudéssemos contar com iniciativas semelhantes em outras associações nacionais, certamente teríamos acesso a uma visão mais pluralista de antropologia.

 

Políticas de Seção

Artigos

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Expediente

Verificado Submissões abertas Não verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Os animais na antropologia

Editores
  • TESTE moros
Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

VIBRANT trabalha com o sistema de julgamento de artigos por pares especialistas designados pelo editor. Cada artigo recebe no mínimo dois pareceres. A VIBRANT funciona em um sistema que inclui dois diferentes caminhos editoriais: artigos avulsos são lidos e têm seus avaliadores designados pelos editores da revista. Artigos submetidos a dossiês são lidos e têm seus pareceristas indicados pelos organizadores dos dossiês. Uma vez aprovados pelos pareceristas, os artigos são novamente revisados pelos editores e então encaminhados para tradução.

 

Periodicidade

A publicação será semestral.

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público colabora com a democratização do conhecimento e gera um intercâmbio global produtivo e necessário para o desenvolvimento da Antropologia.

 

VIBRANT

VIBRANT – Virtual Brazilian Anthropology was conceived by the Brazilian Anthropological Association (ABA) as a medium for disseminating Brazilian anthropology beyond the Portuguese-speaking world. The presentation in English, French and Spanish of articles and audiovisual materials produced by anthropologists working in Brazil is intended, therefore, to promote greater transnational interchange of ideas and to further awareness of the diversity within anthropology.

VIBRANT – Virtual Brazilian Anthropology foi criada pela Associação Brasileira de Antropologia com o propósito de dissiminar a antropologia brasileira para além das fronteiras da língua portuguesa. Publica artigos e audiovisuais em inglês, francês e espanhol de antropólogos vinculados a instituições brasileiras, de modo a promover um maior intercâmbio transnacional de idéias e ampliar a diversidade antropológica.

 

Indexada em

Sumários.Org
Google Acadêmico
Scielo
LatIndex
Hispanic American Periodicals Index (HAPI)
Revues.org
DOAJ – Directory of Open Access Journals

 

Qualis

Qualis Antropologia/Arqueologia Extrato A1