LEITURA CRÍTICA E OS TIPOS DE TRADUÇÃO NO ENSINO DE INGLÊS INSTRUMENTAL

Shalatiel Bernardo Martins, LARISSE CARVALHO DE OLIVEIRA

Resumo


Considerando a importância dos processos de internacionalização, principalmente na esfera universitária, apresentamos, neste estudo, a relação entre os aspectos do processo interacionista de leitura (PAIVA, 2009), a Abordagem Funcionalista de Tradução (NORD, 1997) e o conceito de Tradução Pedagógica de Lavault (1985). Objetiva-se proporcionar o desenvolvimento da competência leitora e o melhoramento da capacidade de interpretação de aprendizes de língua inglesa, dentro da perspectiva de ensino e aprendizagem de Inglês Instrumental. Intentamos, também, ampliar a visão de leitura para aspectos do além-linguístico fundamentado no estruturalismo, envolvendo aspectos socioculturais que são inerentes à língua. Por fim, sugerimos formas de se trabalhar na perspectiva da leitura crítica, tendo o funcionalismo tradutório e as atividades que envolvem a tradução pedagógica como aliados em sala de aula de Inglês Instrumental.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.